Publicidade

Estado de Minas

Homem morre após cair de uma altura de 15 metros no Parque das Mangabeiras

Informações iniciais dão conta que três homens faziam uma espécie de slackline, quando a fita teria arrebentado. A vítima chegou a ser resgatada, mas morreu no local


postado em 04/06/2019 15:04 / atualizado em 05/06/2019 07:48

Vítima caiu ao fazer uma espécie de slackline em uma área de acesso restrito(foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)
Vítima caiu ao fazer uma espécie de slackline em uma área de acesso restrito (foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)

Um homem, de 30 anos, morreu depois de cair de uma altura de 15 metros no Parque dos Mangabeiras, na Região Centro-Sul de Belo Horizonte. Informações do Corpo de Bombeiros indicam que a vítima, e ao menos outras duas pessoas, estavam em uma área de acesso proibido e praticavam esportes radicais. Ele foi resgatado, mas teve uma parada cardiorrespiratória e morreu no local.

Ver galeria . 8 Fotos Juarez Rodrigues/EM/D.A.Press
(foto: Juarez Rodrigues/EM/D.A.Press )


O acidente aconteceu na tarde desta terça-feira. O grupo praticava slackline, modalidade de esporte em que os atletas se equilibram e fazem manobras em cima de uma fita. Uma das suspeitas é que a fita tenha se soltado ou arrebentado. Ao menos um dos homens caiu.

A vítima, segundo o solicitante, reclamava de dores por todo corpo e estava com suspeita de fratura na perna esquerda. Duas viaturas do Corpo de Bombeiros foram empenhadas na ocorrência, assim como o helicóptero Arcanjo 02.

O Corpo de Bombeiros teve dificuldade em fazer o resgate por se tratar de um local de difícil acesso. Os militares fizeram rapel usando o helicóptero e desceram até onde estava o homem, que foi imobilizado. Durante o socorro, a vítima teve uma parada cardiorrespiratória e morreu ainda no Parque.

Vítimas estavam praticando um esporte na Serra do Curral quando aconteceu o acidente(foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)
Vítimas estavam praticando um esporte na Serra do Curral quando aconteceu o acidente (foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)


O Corpo de Bombeiros chegou a dizer que a vítima teria caído ao fazer uma espécie de tirolesa. A informação foi corrigida. A Tirolesa BH, que administra o equipamento que desce do Mirante do Mangabeiras e termina na Praça de Esportes do Parque das Mangabeiras, afirmou que “com certeza não foi a Tirolesa BH porque hoje a gente nem funciona”.

Equipes da Fundação de Parques Municipais de Belo Horizonte apuram o ocorrido.


Publicidade