Publicidade

Estado de Minas

Em busca do vizinho milionário: a 'caça' aos vencedores da Mega da Virada em Minas

Minas Gerais teve seis das 52 apostas vencedoras do sorteio, um recorde. Cada aposta premiada vai receber mais de R$ 5 milhões


postado em 02/01/2019 06:00 / atualizado em 02/01/2019 09:08

Fachadas das lotéricas onde foram feitas as apostas vencedoras de BH, cidade premiada pela terceira vez(foto: Paulo Filgueiras/EM/DA Press)
Fachadas das lotéricas onde foram feitas as apostas vencedoras de BH, cidade premiada pela terceira vez (foto: Paulo Filgueiras/EM/DA Press)


Se a Mega da Virada for um prefácio de 2019, não faltarão motivos para o brasileiro comemorar nos próximos 364 dias. Nunca na história do prêmio mais cobiçado das loterias da Caixa no Brasil, tantas apostas foram premiadas na primeira faixa, de seis acertos. Pelo menos 52 pessoas ficaram milionárias na 10ª edição do concurso (2110), mas o número pode ser ainda maior se houver bolão entre os acertadores. E a sorte chegou com força a Minas Gerais, que teve seis apostas vencedoras – duas delas em Belo Horizonte e as outras em Alfenas e São Sebastião do Paraíso, na Região Sul, e Divinópolis e Martinho Campos, no Centro-Oeste do estado. O número de bilhetes premiados em Minas e em BH também são recordes para o estado e sua capital. Cada aposta premiada na faixa da sena vai receber R$ 5.818.007,36 – a quantia total era de R$ 302,5 milhões. O recorde anterior pertencia à Mega da Virada de 2017, quando 17 apostas dividiram R$ 306,7 milhões. Minas foi o terceiro estado com o maior número de ganhadores no concurso 2110, que sorteou as dezenas 05, 10, 12, 18, 25 e 33. São Paulo, com 10 felizardos, e o Rio de Janeiro, com oito, ficaram na frente.

Realizada desde 2009, a Mega da Virada já sorteou 11 senas feitas em Minas Gerais, com total de R$ 190 milhões em prêmios. BH entra pela terceira vez na rota da sorte – as outras duas foram em 2010 e 2016 –.  No concurso  de 2018,  as vencedoras da capital mineira são duas apostas simples, feitas na Dumont Loterias, na Rua Barão Coromandel, no Barreiro de Baixo (Região do Barreiro), e na Lotérica de Ouro, na Rua Izabel Bueno, Bairro Santa Rosa (Região da Pampulha).

No entorno das lotéricas, o clima ontem era de curiosidade. Jogador assíduo da Lotérica de Ouro, Leandro Pinheiro Ferreira, de 35 anos, mecânico de aeronaves e morador do Bairro Jaraguá, na mesma região do estabelecimento, lamentou não ter sido um dos ganhadores, mas disse que não vai desistir. “Vou continuar jogando e torcendo para que ser próximo felizardo”, garante.

Jorge Domiciano da Silva, de 73, morador do Barreiro de Baixo, trabalha como porteiro em um prédio bem em frente à Dumont Loteria, onde tenta a sorte quase toda semana. Ele torce para que o vencedor seja da região mesmo. “Ainda não tenho ideia de quem foi o ganhador aqui do Barreiro, mas espero que seja alguém conhecido, de preferência, um amigo”, diz.

Com pouco mais de 12 mil habitantes, a cidade de Martinho Campos passou o primeiro dia do ano especulando sobre quem seria o recém-milionário. Ao começar o ano com o pé direito, a cidade viveu momentos de euforia depois do sorteio. “Houve um show aqui na praça e a banda logo anunciou que um ganhador era daqui. Nas redes sociais está bombando também”, conta Gérson José da Silva, de 51, proprietário de um supermercado local. “Tem gente dizendo que foi um bolão de cinco pessoas que venceu. Outros dizem que foi um homem aqui da cidade”, contou o comerciante, que apostou e acertou três números no sorteio.

Em outras cidades, a notícia também movimentou as redes sociais e especulações.  “O pessoal compartilhou (a informação bastante). Mas está tudo quieto aqui”, disse Mirele Cardoso, de 23, que trabalha em uma drogaria de São Sebastião do Paraíso. Em Alfenas e São Sebastião do Paraíso, o clima foi o mesmo. E o mistério também. “Não sei quem é a pessoa. Mas acho que é da cidade mesmo”, especulou a atendente Thereza Cristina, de 28, que também é funcionária de farmácia.

Além da sena, o concurso 2110 premiou 7.688 apostas que acertaram a quina (cinco números) com R$ R$ 6.644,73. Já na quadra, com quatro dezenas acertadas, 303.857 apostas ganharam. Cada uma terá o prêmio de R$ 240,17. Os prêmios prescrevem 90 dias após a data do sorteio.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade