Publicidade

Estado de Minas

Armado com faca, homem ameaça Raquel Muniz em ato de campanha em MG

Suspeito estava com sinais de consumo de bebida alcoólica e foi preso pela Polícia Militar (PM) após denúncias de populares que acompanhavam mobilização da candidata à Câmara dos Deputados


postado em 26/09/2018 22:06



O clima de tensão marcou o ato de campanha da deputada federal Raquel Muniz (PSD) na tarde desta quarta-feira (26), em Mirabela, na Região Norte de Minas Gerais. Júnior Queiroz Maia, de 37 anos, ameaçou a candidata com uma faca de peixeira. Ele foi preso pela Polícia Militar (PM) após denúncias de populares. "Ele nem sequer chegou perto de mim", afirmou Raquel em contato com a reportagem. 

Segundo a PM, o cidadão estava alterado, mostrando agressividade e com sinais de consumo de bebida alcoólica. Armado, ele gritava xingamentos contra Raquel Muniz, o que motivou as denúncias.

O suspeito foi conduzido para a Delegacia de Polícia Civil de Montes Claros, na mesma região. A prisão aconteceu a partir dos trabalhos de três policiais militares, que apreenderam a faca.

De acordo com a assessoria da candidata, ela continua cumprindo sua agenda de campanha normalmente. Raquel se encontra na cidade de Pedras de Maria da Cruz, localizada a cerca de 90 quilômetros de Mirabela. 

Confira a nota da assessoria de Raquel Muniz na íntegra:

"Durante comício da deputada federal Raquel Muniz, os participantes identificaram um rapaz embriagado e portando uma faca na cintura. Acionaram a Polícia Militar e o rapaz foi detido por porte ilegal de arma. A deputada Raquel Muniz está bem e cumprindo agenda normalmente. No momento ela se encontra no município de Pedras de Maria da Cruz".

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade