Publicidade

Estado de Minas

Carro cai de ponte e cinco pessoas morrem em cidade do interior de Minas

O veículo passava por uma estrada vicinal entre Lagoa Grande e Vazante, quando caiu da ponte sobre o Rio Paracatu. Todos os ocupantes morreram


postado em 05/08/2018 18:45 / atualizado em 06/08/2018 12:35

Carro ficou submerso e com as rodas para o alto(foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)
Carro ficou submerso e com as rodas para o alto (foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)

A Polícia Civil está apurando as causas de um grave acidente que terminou na morte de cinco pessoas neste domingo em uma estrada entre Lagoa Grande e Vazante, na Região Noroeste de Minas Gerais. Um carro caiu de uma ponte sobre o Rio Paracatu. Nenhuma testemunha viu como aconteceu a queda. As vítimas ainda não foram identificadas. Segundo o Corpo de Bombeiros, ocupantes seguiam para um jogo de futebol.

De acordo com a Polícia Militar (PM), uma pessoa passou pela estrada vicinal, que é de terra batida, e avistou o carro com as quatro rodas para o alto dentro do rio. A testemunha fez uma denúncia anônima aos militares. Quando os policiais chegaram no local, não encontrou nenhuma pessoa que avistou o acidente. A hipótese é que ele tenha acontecido de madrugada.

O Corpo de Bombeiros foi acionado por volta das 11h. Os militares tiveram que usar técnicas de mergulho para retirar as cinco vítimas de dentro do veículo, um Siena, cor prata, com placas de Paracatu. Segundo a corporação, das cinco pessoas, quatro eram naturais do Maranhão, e uma de Paracatu. Porém, os nomes ainda não foram divulgados.

O local foi isolado para o trabalho da perícia da Polícia Civil, que terminou somente no fim da tarde. A hipótese é que o motorista tenha perdido o controle da direção ao passar pela estrada, que liga Lagoa Grande a Vazante.

Um guincho foi utilizado para retirar o veículo da água(foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)
Um guincho foi utilizado para retirar o veículo da água (foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade