Publicidade

Estado de Minas

Água invade casas após rompimento de adutora em Belo Horizonte

Moradores de uma rua no Bairro Estrela do Oriente foram surpreendidos pelo alagamento no meio da madrugada. Um imóvel foi interditado parcialmente


postado em 28/06/2018 06:59 / atualizado em 29/06/2018 08:03

Ver galeria . 18 Fotos Água invadiu imóveis durante a madrugada no Bairro Estrela do Oriente. Copasa foi acionadaDefesa Civil/Divulgação
Água invadiu imóveis durante a madrugada no Bairro Estrela do Oriente. Copasa foi acionada (foto: Defesa Civil/Divulgação )

Seis casas foram invadidas pela água após o rompimento de uma adutora na Rua Estrela do Norte, Bairro Estrela do Oriente, Região Oeste de Belo Horizonte, nesta quinta-feira. Dezesseis bairros tiveram o fornecimento de água interrompido para os reparos da Copasa. 

De acordo com a Defesa Civil, o rompimento ocorreu por volta das 3h. Na casa que precisou ser parcialmente interditada houve o deslocamento de um muro. Ainda segundo a Defesa Civil, a Copasa foi acionada para fazer o reparo.

O maior prejuízo foi registrado em uma casa na rua de baixo, a Rua Estrela do Horizonte. A água desceu, quebrou parte do muro do imóvel de número 98 e encheu a casa de lama. Moradores perderam vários objetos. A personal trainer Larissa Santiago, de 21 anos, disse que 10 pessoas moram no endereço e todas estavam dormindo quando a água começou a cair, por volta das 3h. Com o barulho, eles chegaram a pensar que fosse a chuva. “Só deu tempo de salvar alguns pertences. Perdemos geladeira, aparelho de som, colchões, roupas. Esperamos que a Copasa resolva o problema e nos pague uma indenização”, diz ela.

Ao saber o ocorrido, o garçom Elvir Moreira, de 40, foi correndo ao local onde vivem seus parentes, sendo a mãe e três irmãos. Ele ajudou na limpeza, já que o imóvel foi tomado pela água barrenta e levou muito prejuízo aos familiares. “Ainda estou vendo com eles para onde querem ir, mas a minha casa é uma opção. Muito triste essa situação”, disse ele. À tarde, a Copasa informou que os moradores foram levados para um hotel para a limpeza do imóvel.
 
Os imóveis atingidos foram vistoriados pela Defesa Civil. Por volta das 10h, o órgão municipal confirmou a interdição parcial da casa na Rua Estrela do Horizonte e a invasão pela lama de outras cinco casas na Rua Estrela do Norte. Os moradores atingidos receberam doações e oito colchões, lençóis, cobertores e duas cestas básicas. Ninguém ficou desalojado.

Casas são vistoriadas pela Defesa Civil nesta manhã. Copasa foi acionada(foto: Defesa Civil/Divulgação)
Casas são vistoriadas pela Defesa Civil nesta manhã. Copasa foi acionada (foto: Defesa Civil/Divulgação)

Por meio de nota, a Copasa informou que, para corrigir o vazamento da adutora da 600 milímetros, foi preciso interromper o fornecimento de água em 16 bairros da região. “Técnicos da empresa já fecharam o registro e os serviços estão sendo executados. A previsão é de que o abastecimento seja normalizado, de forma gradativa, no decorrer da noite de hoje (28/06)”, disse a companhia.

A Companhia informou, ainda, que uma equipe técnica da companhia concluiu a perícia nos seis imóveis atingidos. A previsão é que o abastecimento seja normalizado até o início da noite de hoje. Já a recuperação asfáltica deve ser realizada até sexta-feira.

Veja a lista dos bairros afetados: Betânia, Buritis, Cinquentenário, Conjunto Santa Maria, Das Mansões, Estoril, Estrela Dalva, Jardim América, Marajó, Morro das Pedras, Nova Barroca, Palmeiras, Parque São José, Santa Lúcia, São Bento, Serra do José Vieira.

Morador limpa casa atingida pela água na Rua Estrela do Horizonte, onde imóveis também foram atingidos(foto: Paulo Filgueiras/EM/DA Press)
Morador limpa casa atingida pela água na Rua Estrela do Horizonte, onde imóveis também foram atingidos (foto: Paulo Filgueiras/EM/DA Press)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade