Publicidade

Estado de Minas

Homem morre em acidente na MGC-135 em Montes Claros no Norte de Minas

Carro bateu de frente com caminhão e rodou na pista, atingindo caminhonete que trafegava no mesmo sentido. Motorista morreu no local, Já caminhoneiro foi socorrido em estado grave


postado em 25/06/2018 17:35

Militares tiveram bastante trabalho para resgatar corpo nas ferragens(foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)
Militares tiveram bastante trabalho para resgatar corpo nas ferragens (foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)
Uma pessoa morreu numa sequência de batidas entre um carro, uma caminhonete e um caminhão, na manhã desta segunda-feira, na MGC-135, no Distrito de Nova Esperança, em Montes Claros, Norte de Minas. A rodovia é a mesma em que, no começo do mês, morreu em um acidente a madre Angélica, de 87 anos, fundadora do Convento do Carmelo Mãe da Igreja e Paulo VI (Convento das Carmelitas), criado há 40 anos, na região.

De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, nas ferragens do carro, um Chevrolet Cruze, com placas de Montes Claros, foi resgatado o corpo do motorista, G.W.G.M., de 39. No caminhão, um VW 8.150, emplacado na mesma cidade, o condutor M.A.P.L., de 47, foi retirado das ferragens com ferimentos graves. Já na caminhonete Frontier, de Campo Azul, ninguém se feriu.

Segundo testemunhas, o Cruze trafegava no sentido Mirabela/Montes Claros, quando seu motorista tentou uma ultrapassagem e bateu de frente no caminhão, que na pista contrária. Com o impacto, o carro rodou e bateu na lateral da caminhonete que viajava na mesma direção.

O caminhoneiro estava consciente e sofreu contusões nos pés e pernas. Diante da situação, os bombeiros, com o uso de equipamentos adequados, inicialmente fez a liberação do motorista, que foi atendido pela equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), sendo levado para uma unidade hospitalar da cidade.

Depois de realizada a perícia da Polícia Civil, que vai apontar as causas do acidente, foi retirado das ferragens o corpo do condutor do Cruze, que foi encaminhado ao Instituto Médico Legal de Montes Claros.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade