Publicidade

Estado de Minas

Foragido da Justiça se perde em mata de BH e é preso depois de resgate


postado em 09/06/2018 11:17 / atualizado em 09/06/2018 13:01

Foi uma mobilização e tanto para resgatar um homem que se perdeu no Parque Ecológico Ursulina Andrade, conhecido como Mata do Castelo, no bairro homônimo, na Pampulha, com direito a helicóptero para ajudar nas buscas. Mas, no desfecho do que deveria ser o final feliz, a surpresa: a vítima era um fugitivo da Justiça Federal que saiu de lá direto para a cadeia.

O caso ocorreu na manhã deste sábado. A Polícia Militar foi chamada para socorrer uma pessoa que gritava por socorro no interior da mata. Densa e fechada, os militares não conseguiram avançar e chamaram os Bombeiros. Com a aeronave, localizaram Antônio Augusto Lins Dias, de 30 anos.

Tudo estaria bem não fosse um detalhe: o resgatado se mostrou, de acordo com os militares, relutante em informar seus dados. Estava dada sua segunda sentença. Desconfiados, os policiais apertaram o cerco.

Primeiro, ele disse se chamar Antônio Júnior. Não convenceu. Entre perguntas e respostas, entrou em contradição. A partir daí, PM identificou logo o mandado de prisão em aberto expedido pela 17ª Vara de Justiça Federal. Não se sabe o motivo do mandado. Antônio Dias foi levado à Central de Flagrantes 4 (Ceflan 4), no Bairro Alípio de Melo, na Região Noroeste de BH.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade