Publicidade

Estado de Minas

O Brasil parou, mas a maior chapa de jiló com fígado do mundo, não

A chapa bateu novo recorde com 16,5 metros e é operada por 13 chefes de cozinha auxíliados por alunos de gastronomia da UNA


postado em 27/05/2018 12:53 / atualizado em 27/05/2018 14:11

(foto: Elian Guimarães/EM/D.A Press)
(foto: Elian Guimarães/EM/D.A Press)

 

A crise no fornecimento de combustíveis e a suspensão do transporte público em Belo Horizonte não afetaram o já tradicional Festival Cultural do Mercado Central que acontece até as 15 horas deste domingo na avenida Augusto de Lima.

De acordo com o superintendente do mercado Luiz Carlos Braga até o meio dia 1.600 pessoas entre as 2.500 que adquiram ingressos atencipados já tinham passado pela portaria do evento. O festival tem como uma de suas maiores atrações a maior chapa de jilo com fígado do mundo. A iguaria é tradição nos bares do mercado central de BH.

Serão oferecidos ao público 140 quilos de jilo, 180 de cebola e 420 quilos de fígado.  A chapa bateu novo recorde com 16,5 metros e é operada por 13 chefs de cozinha auxiliados por alunos de gastronomia da UNA.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade