Publicidade

Estado de Minas

Dono de imóvel proíbe resgate de gato em seu telhado e cria polêmica com vizinhos

O animal estaria no local há mais de 40 dias, onde caiu e não conseguiu sair. Moradores do entorno vinha dando água e alimento ao bichano, mas desde o domingo estão proibidos


postado em 18/05/2018 19:03 / atualizado em 18/05/2018 19:43

gato não consegue saltar de telhado e proprietário de imóvel não permite o resgate(foto: Whatsapp/Divulgação)
gato não consegue saltar de telhado e proprietário de imóvel não permite o resgate (foto: Whatsapp/Divulgação)
O resgate de um gato, aparentemente siamês, tornou-se alvo de polêmica entre moradores do Bairro São Lucas, Centro-Sul de Belo Horizonte. O motivo, é que o proprietário do imóvel onde o animal está há mais de 40 dias, depois de cair no local e não consegue sair, não permitiu que militares do Corpo de Bombeiros fizessem a captura do bichano, sob argumento de que eles quebrariam o telhado da área aos fundos de seu apartamento.

O prédio em que o gato está fica na Rua Nísio Batista Oliveira. Moradores vizinhos, em imóveis na Rua Regozino Alves, já acionaram por mais de uma vez equipes dos bombeiros e da Polícia Militar, mas nenhuma ação foi tentada, por falta de permissão do dono do imóvel.

Vizinhos ao imóvel chamaram os bombeiros, que não tiveram como agir(foto: Whatsapp/Divulgação)
Vizinhos ao imóvel chamaram os bombeiros, que não tiveram como agir (foto: Whatsapp/Divulgação)
Na quarta-feira, diante do impasse, uma moradora registrou uma queixa na Delegacia Especializada de Investigação de Crime Contra a Fauna. A denúncia de crime ambiental de maus-tratos ao animal será apurada.

O animal vinha sendo alimentado e recebendo água colocada pelos vizinhos por meio de uma corda. O gato estaria sem água e comida desde o domingo, depois que o proprietário do local proibiu que seus vizinhos colocassem alimentos no telhado. O homem não foi encontrado para falar sobre o motivo de sua recusa.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade