Publicidade

Estado de Minas

Minas tem 166 mortes por febre amarela

Balanço da Secretaria de Estado da Saúde confirma 475 casos da doença em Minas, com 62 óbitos de mulheres e o restante de homens


postado em 02/05/2018 22:17

A Secretaria de Estado da Saúde (SES-MG) confirmou nesta quarta-feira a morte de 166 pessoas por febre amarela em Minas. De acordo com o balanço divulgado, foram confirmados 475 casos da doença no estado, e seguem sendo investigados 291 registro de pacientes com sintomas da febre.

Do total de confirmações de febre amarela silvestre, 413 (86,9%) são do sexo masculino e 62 (13,1%) do sexo feminino. Entre os óbitos, 13 foram do sexo feminino, representando 7,8% do total de mortes confirmadas.

Dentre os casos em investigação, há registro de 11 pacientes com histórico de vacinação prévia e exame positivo para febre amarela. Eles permanecem em investigação para levantamento de informações clínicas e epidemiológicas fundamentais para conclusão dos casos.

Atualmente há uma comissão investigando os casos suspeitos de febre amarela com histórico de vacinação prévia, com a participação do Ministério da Saúde. A SES-MG ressaltou que a eficácia da vacina contra febre amarela é de 95% a 98%, sendo considerada altamente eficaz e segura na prevenção da transmissão do vírus. Como medida adicional, para a população mais exposta à circulação do vírus, recomenda-se também a utilização de repelente como medida de proteção individual.

Atualmente, a cobertura vacinal acumulada de febre amarela em Minas Gerais está em torno de 94,93%. Ainda há uma estimativa de 1.007.199 pessoas não vacinadas contra a febre amarela, especialmente na faixa etária de 15 a 59 anos de idade, que também foi a mais acometida pela epidemia da doença em 2017. Entre os 853 municípios do estado, 17,23% (147) deles não alcançaram 80% de cobertura vacinal.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade