...
Publicidade

Estado de Minas

PM fecha fábrica clandestina de adulteração de cervejas na Pampulha

Quatro homens e uma adolescente de 15 anos foram detidos e confessaram o crime. Eles colocavam rótulos de duas marcas em garrafas de outra


postado em 24/04/2018 10:03 / atualizado em 24/04/2018 14:52

(foto: Polícia Militar/Divulgação)
(foto: Polícia Militar/Divulgação)

Substituição de rótulos para venda de cerveja Glacial como Brahma e Antarctica Original. Assim operava uma fábrica clandestina de adulteração de cervejas no Bairro Engenho Nogueira, na Pampulha, em Belo Horizonte, que foi desbancada pela Polícia Militar (PM) na segunda-feira. Quatro pessoas foram presas e uma adolescente, de 15 anos, apreendida em flagrante, na prática do crime. 

De acordo com a PM, a fábrica foi descoberta após denúncia anônima e funcionava em um galpão na Rua Engenho do Norte. Policiais montaram uma operação no local na tarde de segunda-feira e o portão do estabelecimento estava com uma greta aberta, momento em que os militares flagram a adulteração dos rótulos e entraram no imóvel. 

Um dos responsáveis pela fraude nas bebidas, Lucas da Silva Costa, de 20, contou aos policiais que o grupo era de Goiás e que vieram à Belo Horizonte para trabalhar. A atuação era simples: pegavam os rótulos e tampas de cerveja das marcas Brahma e Antarctica Original e colocavam em garrafas da Glacial. 

Diversos materiais usados para a adulteração das garrafas foram apreendidos. No galpão, a PM encontrou 98 caixas de cerveja ao todo; destas, 72 estavam adulteradas e prontas para comercialização, que era feita em estabelecimentos da região. 

Um representante da empresa responsável pelas cervejas esteve no local e ficou responsável de recolher toda a mercadoria. Além de Lucas, foram presos Francisco Araújo, de 31, Maurício Souza Almeida, de 28, e José Henrique Oliveira, de 26s, além da apreensão da adolescente. 
 
*Estagiário sob supervisão da subeditora Regina Werneck 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade