Publicidade

Estado de Minas

Tempestade provoca alagamentos, enxurrada e deixa trânsito caótico em BH

Defesa Civil interditou avenida por risco de o Arrudas transbordar. Uma van escolar ficou ilhada e três crianças foram retiradas pelos Bombeiros


postado em 02/03/2018 07:50 / atualizado em 02/03/2018 11:26

Um temporal atingiu Belo Horizonte desde as primeiras horas da manhã.

 

Na Avenida dos Andradas, o volume de água do Ribeirão Arrudas subiu e assustou motoristas e moradores.

 

A Defesa Civil interditou a Avenida Tereza Cristina, na Região Noroeste, sentidos Centro e Contagem, por causa do risco de transbordamento do ribeirão. O trânsito foi liberado por volta de 9h40.

(foto: Reprodução/WhatsApp)
(foto: Reprodução/WhatsApp)

Na Rua Dom Vital, esquina com Francisco Deslandes, no Bairro Anchieta, uma árvore de grande porte caiu e arrancou a fiação da Cemig. O trânsito ficou interditado na área e foi normalizado às 9h57.

Na MG-030, que liga BH a Nova Lima, uma árvore atingiu uma motociclista no km14. A mulher foi socorrida para um hospital da cidade com ferimentos na cabeça. O trânsito já foi liberado no local.

Na alça da BR-356 em direção à MG-030, na Região do Belvedere, uma árvore caiu sobre um Honda Civic. Policiais militares estiveram no local para cuidar do trânsito. Não há informações de feridos.

 

Na Rua General Andrade Neves com Bernardinho de Lima, no Gutierrez, uma árvore caiu sobre carros. Não houve vítimas. A passagem de veículos só foi autorizada a partir de 10h.

(foto: Daniel Helvécio/Arquivo pessoal)
(foto: Daniel Helvécio/Arquivo pessoal)
 

Houve alagamentos e enxurrada na Avenida Francisco Sá, no Prado. Na esquina com a Avenida Amazonas, lojas foram inundadas.

(foto: Mayara Souza/EM/DA Press)
(foto: Mayara Souza/EM/DA Press)
 

A Avenida Barão Homem de Melo ficou completamente alagada, nos dois sentidos, altura da sede do Sebrae.

(foto: Miron Teixeira)
(foto: Miron Teixeira)
 

                                      Confira aqui a situação neste momento do trânsito 

 

O muro de arrimo de um prédio caiu na rua Moreira Cezar, no bairro Gutierrez. Ninguém ficou ferido.

(foto: Paulo Filgueiras/EM/DA Press)
(foto: Paulo Filgueiras/EM/DA Press)

Uma van escolar ficou ilhada na Avenida Silva Lobo, esquina com Rua Coruripe. Três crianças foram retiradas pelos Bombeiros. A orientação é para que motoristas não transitem entre as avenidas Silva Lobo e Barão Homem de Melo, onde surgiram diversos pontos de alagamento.

 

O Anel Rodoviário teve engarrafamentos em vários pontos desde cedo.

(foto: Matheus Adler/EM/DA Press)
(foto: Matheus Adler/EM/DA Press)
 

A tempestade atingiu principalmente as regionais Oeste e Centro-Sul e o Corpo de Bombeiros recebeu vários pedidos de socorro.

 

Um funcionário da Regional Noroeste gravou imagens de dentro da sede, que fica na confluência de Avenida Cristiano Machado com Rua Jacuí. O prédio foi invadido pelo alagamento da pista.

 

Um mapa divulgado pela Defesa Civil municipal às 7h48 mostra a intensidade da chuva até aquele momento.  (veja abaixo). O mapa é atualizado a cada 10 minutos na conta do Twitter da instituição.

(foto: Reprodução/Twitter)
(foto: Reprodução/Twitter)
 

 A BHTrans informa engarrafamentos nos principais cruzamentos da capital. Há retenções fortes nas avenidas Getúlio Vargas e Cristróvão Colombo. Sinais de trânsito estão em flash na rua Gonçalves Dias com Avenida Bias Fortes 3 na Avenida Álvares Cabral com rua Curitiba, provocando confusão entre os motoristas.

 

O trânsito também é muito lento na Avenida Afonso Pena sentido Mangabeiras, nos acessos ao Centro, no complexo da Lagoinha, na Avenida Pedro II e no elevado Helena Greco.

 

Às 8h25, a Defesa Civil informou que havia tendência de redução da chuva forte, na maior parte de BH e que a Regional Barreiro apresentava o maior indicativo de chuva com maior intensidade, conforme o radar meteorológico (veja abaixo)

(foto: Reprodução/Twitter)
(foto: Reprodução/Twitter)
 

O Instituto de Meteorologia Puc Minas/Tempo Clima informa que até as 8h43 choveu 80mm, quase a metade da média histórica do mês de março, que é 163,5mm. A previsão é de que o fim de semana seguirá com temporais.

 

Veja os maiores volumes de chuva (mm) por Regional de sexta (2) de 0h até 8h50:

- Barreiro - 24,0
- Centro Sul - 76,8
- Leste - 64,6
- Nordeste - 33,2
- Noroeste - 48,8
- Norte - 6,6
- Oeste - 94,2
- Pampulha - 1,0
- Venda Nova - 1,0

(foto: Defesa Civil de BH)
(foto: Defesa Civil de BH)
 

 

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade