Publicidade

Estado de Minas

PRF prende casal que transportava 260 quilos de maconha em carro clonado

Segundo a PRF, os suspeitos disseram que receberiam 10 mil para transportar a droga até Ipatinga


postado em 23/02/2018 18:08 / atualizado em 23/02/2018 18:17

(foto: Polícia Rodoviária Federal/Divulgação)
(foto: Polícia Rodoviária Federal/Divulgação)

Um casal foi preso em flagrante nesta sexta-feira, na rodovia Fernão Dias, em Carmópolis de Minas, na Região Centro-Oeste de Minas, suspeito de envolvimento com o tráfico de drogas. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), os acusados seguiam para Ipatinga, no Vale do Aço, transportando 260 quilos de maconha em um carro clonado. Ambos já tinham passagem pela polícia por roubo e tráfico de drogas.

Segundo a PRF, os policiais retornavam de uma operação no Triângulo Mineiro, quando suspeitaram de um Chevrolet Captiva. Ao passar pelo pedágio de Carmópolis, na altura do km 597, os policiais deram ordem de parada. Durante a abordagem, perceberam que o condutor J.E.D, de 23 anos, e a passageira J.C.S, de 22, estavam nervosos e apreensivos.

A polícia, então, decidiu realizar buscas no interior do veículo. A equipe encontrou 361 tabletes de maconha no porta-malas do carro. Ao todo, os pacotes somam 260 quilos da droga. Além da maconha, foram encontradas algumas cápsulas de skunk, também conhecido como supermaconha, uma substância mais concentrada que mistura diferentes tipos da droga. Segundo a PRF, os suspeitos traziam a droga de Foz do Iguaçu (PR). Eles disseram que receberiam R$ 10 mil para fazer o transporte da mercadoria.

Além da apreensão dos entorpecentes, a PRF informou ter encontrado uma Carteira de Habilitação (CNH) e um Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV) com indícios de falsificação. A partir da abordagem, a PRF descobriu que o veículo usado pelo casal tinha ocorrência de registro de furto em Curitiba (PR). Os policiais ainda observaram que a placa era, na verdade, clonada de outro veículo, de marca e modelo semelhante.

Ainda de acordo com a Polícia Rodoviária Federal, o condutor J.E.D já tinha passagem pela polícia por roubo e tráfico de drogas. Ele estava foragido desde maio do ano passado, com um mandato de prisão expedido em seu nome. A passageira J.C.S, natural do Paraná, também tem passagem por tráfico de drogas e aguardava o julgamento em liberdade. Após a abordagem, eles foram presos em flagrante e encaminhados à Delegacia de Polícia Civil de Carmópolis.

* Estagiária sob supervisão da subeditora Ellen Cristie

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade