Publicidade

Estado de Minas

Jovem morre por suposta complicação depois de vacinar contra a febre amarela

Secretaria de Estado de Saúde de MG apura as causas da morte ocorrida em hospital em Salvador (BA) no sábado. Rapaz de 22 anos foi enterrado nesta segunda em Montes Claros


postado em 19/02/2018 23:38

A morte de um jovem de 22 anos, de Montes Claros, no Norte de Minas, por suspeita de reação à vacina contra a febre amarela, está sendo investigada pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG). Depois de ser imunizado na cidade mineira, o rapaz viajou para o interior da Bahia, onde trabalharia. Porém, depois de apresentar problemas de saúde, foi internado em hospital em Salvador, onde não resistiu.

Parente suspeitam de alguma complicação de saúde decorrido da vacina. O jovem morreu no sábado, mas não houve uma definição da causa do óbito. Ele foi enterrado nesta segunda-feira.A possibilidade de uma interação adversa medicamentosa não está descartada, já que a vítima fazia um tratamento dermatológico e tomava corticoide. Ele chegou a ser colocado na fila para um transplante de fígado.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade