Publicidade

Estado de Minas

Estudantes passam mal após consumir brigadeiro supostamente recheado com maconha

Segundo a PM, os doces foram entregues na porta da escola por um motociclista


postado em 14/11/2017 16:59 / atualizado em 14/11/2017 17:39

Três adolescentes de 16 e 17 anos, da Escola Estadual Assis Chateaubriand, no Bairro Boa Vista, Região Leste da capital, foram internadas na tarde desta terça-feira, após consumir brigadeiros recheados com substâncias ilícitas. De acordo com a Polícia Militar (PM), a suspeita é de havia maconha no doce.

De acordo com a Polícia Militar (PM), uma adolescente levou os doces para dividir com outros quatro colegas, sendo que ela e outras duas jovens passaram mal após consumir os brigadeiros. Segundo a PM, os doces foram entregues na porta da escola por um motociclista. A adolescente contou aos militares que o homem entregou a ela um pote com os doces e uma caneta para fumar narguilé.

Conversando com o pai da adolescente que compartilhou o doce, os militares receberam autorização para olhar as mensagens no celular dela e descobriram que a jovem encomendou os brigadeiros. A polícia irá apurar se os outros estudantes já sabiam da existência de droga no brigadeiro ou se foram enganados.

As três adolescentes foram encaminhadas à Unidade de Pronto Atendimento da Região Leste. De acordo com a PM,o médico suspeitou, inicialmente, de envenenamento.

* Estagiária sob supervisão da editora Liliane Corrêa

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade