Publicidade

Estado de Minas

Via Expressa tem perseguição policial e tiros; dois homens são presos

Duas pessoas que estavam em uma motocicleta foram atropeladas durante a tentativa de fuga e uma arma foi apreendida


postado em 17/08/2017 08:55 / atualizado em 17/08/2017 10:00


Uma perseguição policial terminou com dois homens presos e duas pessoas atropeladas na manhã desta quinta-feira na Via Expressa, no Bairro Coração Eucarístico, Região Noroeste de Belo Horizonte. Os detidos estavam em um carro roubado e com placa clonada.

De acordo com as informações da Polícia Militar (PM), uma denúncia informou que havia um Fox roubado circulando pela Via Expressa. Viaturas da corporação localizaram o carro e houve perseguição. Durante a tentativa de fuga, os criminosos bateram em dois carros e atropelaram um casal que estava em uma motocicleta.

Carlos Eduardo Giovanni Correa, de 34 anos, engenheiro civil e morador do Bairro Sapucaia, em Contagem, na Grande BH, e a esposa do homem tiveram ferimentos leves e foram encaminhados, segundo o irmão de Carlos Eduardo, para o Hospital de Pronto-Socorro João XXIII.
 
Ainda segundo a PM, militares que atendiam à ocorrência atiraram na direção do veículo para tentar conter a fuga dos criminosos que, segundo a PM, praticavam manobras perigosas, colocando a vida de outras pessoas em risco. O carro foi alcançado e Deyvisson Thiago da Cunha, de 26 anos, e Lucas César de Melo Lessa, de 18, foram detidos. Na ação, os policiais também constataram que o Fox era roubado e estava com a placa adulterada. Um revólver calibre 38 e munições foram apreendidos. Uma peruca, que também estava com a dupla, foi recolhida pelos militares. 
 
O taxista Fernando José Barroso, de 65 anos, transitava pela sentido Centro da Via Expressa no momento da ocorrência. Ele informou que estava na faixa central da via, quando percebeu que um veículo em alta velocidade, aparentemente em fuga, estava vindo atrás do carro em que ele estava. O taxista informou que tentou deslocar para a faixa da direita, mas não conseguiu devido ao trânsito lento. Neste momento, o carro em que estavam os criminosos bateu na traseira lateral do táxi de Fernando. 

Com a batida, segundo o taxista, os policiais atiraram na direção do Fox. Assustado, Fernando José, informou que apenas puxou o freio de mão do carro e se abaixou dentro do táxi. 
Ver galeria . 11 Fotos Perseguição policial terminou com dois presos e um carro clonado recuperado na Via Expressa, no Coração Eucarístico. PM precisou atirar contra o veículoJair Amaral/EM/DA Press
Perseguição policial terminou com dois presos e um carro clonado recuperado na Via Expressa, no Coração Eucarístico. PM precisou atirar contra o veículo (foto: Jair Amaral/EM/DA Press )

 
Falta de luz no Coração Eucarístico


O trânsito na Via Expressa fica ainda mais complicado nesta manhã por conta da falta de energia elétrica em partes dos bairros Coração Eucarístico, Dom Cabral, João Pinheiro e Alto dos Pinheiros. Segundo relatos de pessoas que passaram pela região, os semáforos estão desligados perto do campus da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC-Minas). Muita gente usou o Twitter para cobrar da Cemig uma previsão de quando o fornecimento será normalizado.

De acordo com a assessoria da Cemig, a falta de energia, que teve o momento mais crítico entre as 6h33 e 8h25, ocorreu por conta de um cabo partido no Bairro Dom Cabral, perto de uma das entradas da PUC-Minas. As causas do rompimento ainda são apuradas.  Por volta das 9h20, 70 clientes continuavam sem energia elétrica. Técnicos da Cemig trabalham no local e, segundo a empresa, a previsão é de que a energia seja restabelecida no fim da manhã, entre 11h30 e meio-dia.  (* Sob supervisão da subeditora Jociane Morais)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade