Publicidade

Estado de Minas

Preso homem que se dizia delegado de polícia e extorquia pedestres no Centro de BH

Acusado apresentava carteira com brasão da Polícia Civil e sugeria que aparelho telefone da vítima era roubado. Para não prender a pessoa, ele tomava o aparelho e dinheiro dela. Militares o prenderam em flagrante


postado em 07/08/2017 17:21 / atualizado em 07/08/2017 22:16

Um homem que se passava por delegado da Polícia Civil foi preso em flagrante extorquindo uma pessoa na área central de Belo Horizonte. Usando o argumento de que o telefone celular da vítima era roubado, ele levava o aparelho e dinheiro dela.

Depois de denúncias de que um policial civil estava fazendo abordagens suspeitas a pedestres na Avenida Santos Dumont, militares do 1º Batalhão da PM foram checar a informação. O homem, ao perceber a viatura da PM, ainda atravessou a via, para não chamar a atenção.

Porém, os PMs o acompanharam e viram o momento em que ele abordou um homem e ordenou que lhe entregasse um aparelho de celular.

Os militares se aproximaram e o suspeito disse que era agnte da Polícia Civil. Ao pedir que se identificasse, ele apresentou um porta-carteira com brasão da corporação, mas não tinha documento funcional.

O homem então foi detido e levado para a Central de Flagrantes 2. A vítima contou que o falso policial afirmou que seu aparelho de celular era roubado e pegou também seu dinheiro, cerca de R$ 150, sob justificativa de que era dinheiro da venda de produto roubado. Dizendo-se delegado, ele simulou ter pedido reforço e disse ao homem que estava em dúvida se o levava preso ou apenas o aparelho e o dinheiro.

 

(RG) 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade