Publicidade

Estado de Minas

Morre em Portugal o jornalista Artur Almeida, da Rede Globo

Ele estava em férias na Europa e, segundo a família, teria sofrido uma parada cardiorrespiratória


postado em 25/07/2017 07:54 / atualizado em 25/07/2017 12:38

(foto: scoopnest.com)
(foto: scoopnest.com)

Faleceu na noite dessa segunda-feira (24-07) o jornalista Artur Almeida, que trabalhava na Rede Globo Minas. Artur era apresentador do MGTV 1ª Edição, dividindo a bancada com a jornalista Isabela Scalabrini.

O jornalista estava passando  férias em Portugal, onde teria sofrido uma parada cardiorrespiratória, segundo informações da família. Ele chegou a ser socorrido mas morreu a caminho do hospital.  

Artur Almeida era filho de um outro jornalista que fez história em Minas Gerais, Guy Almeida. Ele tinha 57 anos, era casado e tinha três filhas.

Repercussão

Telespectadores, amigos e colegas de trabalho usaram as redes sociais para lamentar a morte do jornalista. O nome do âncora chegou a entrar para os Trending Topics mundiais do Twitter nesta manhã. Veja algumas mensagens:









Sempre teve toda a minha admiração e respeito!!! Triste notícia!!! %uD83D%uDE14

Uma publicação compartilhada por Dudugraffite (@dudugraffite) em




 



A Polícia Militar de Minas Gerais, o Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Minas Gerais, o prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PHS), e o governador do estado, Fernando Pimentel (PT), divulgaram notas de pesar sobre a morte do jornalista Artur Almeida. Confira:

“A Polícia Militar de Minas Gerais lamenta a morte do jornalista Artur Almeida, da Rede Globo, ocorrida na madrugada de hoje, 25 de julho. A Instituição o considerava um grande comunicador e profissional exemplar para a categoria. A PMMG solidariza-se, neste momento, com familiares e amigos e deixa registrado seu sentimento de pesar.” (PMMG)

"Artur Almeida, integrante de uma família de jornalistas brilhantes, faleceu aos 57 anos. A triste notícia foi veiculada agora pelo Bom Dia Minas. Força para toda família e um abraço especial de todos nós para Amanda Monteiro e Guy de Almeida." (Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Minas Gerais)

“Recebi, com profunda tristeza, a notícia da morte do jornalista Artur Almeida, um grande profissional, que dignificava a categoria. Durante a campanha eleitoral do ano passado, tive a oportunidade de constatar pessoalmente a sua conduta ética como mediador de dois debates dos quais participei, promovidos pela Rede Globo. À família e ao jornalismo, a minha solidariedade neste momento difícil.” (Alexandre Kalil, prefeito de Belo Horizonte)

“Recebi com muita tristeza a notícia do falecimento do jornalista Artur Almeida. Em nome do povo mineiro, expresso aqui minha solidariedade à toda a família e amigos dele, que foi um profissional exemplar e vai deixar uma grande saudade para todos nós.” (Fernando Pimentel, governador de Minas)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade