Publicidade

Estado de Minas

Fiéis lançarão ofi­ci­al­men­te o Ca­mi­nho Re­li­gi­o­so da Es­tra­da Re­al

Projeto começa no dia 3 de setembro, em jor­na­da de 37 di­as que passará por 38 mu­ni­cí­pi­os en­tre o San­tu­á­rio Nos­sa Se­nho­ra da Pi­e­da­de e Apa­re­ci­da (SP), num total de 801 qui­lô­me­tros


postado em 16/07/2017 06:00 / atualizado em 16/07/2017 08:15

Viagem começa em 3 de setembro, no topo da Serra da Piedade, e foi planejada para comemorar os 250 anos de peregrinação à ermida da padroeira de Minas e o tricentenário de aparição da imagem da padroeira do Brasil(foto: Beto Novaes/EM/D.A Press - 22/4/15)
Viagem começa em 3 de setembro, no topo da Serra da Piedade, e foi planejada para comemorar os 250 anos de peregrinação à ermida da padroeira de Minas e o tricentenário de aparição da imagem da padroeira do Brasil (foto: Beto Novaes/EM/D.A Press - 22/4/15)

Lon­ga ca­mi­nha­da de fé, ce­le­bra­ção e mui­to âni­mo. De­pois de en­con­tros em Ma­ria­na, na Re­gião Cen­tral, São João del-Rei, no Cam­po das Ver­ten­tes, Cam­pa­nha, no Sul de Mi­nas, e Apa­re­ci­da e Lo­re­na (SP), foi da­do, es­ta se­ma­na, em Cae­té, na Gran­de BH, o pas­so de­ci­si­vo na or­ga­ni­za­ção da Ro­ma­ria 550 – do San­tuá­rio Nos­sa Se­nho­ra da Pie­da­de a Apa­re­ci­da, con­ce­bi­da pa­ra co­me­mo­rar os 250 anos de pe­re­gri­na­ção à er­mi­da da pa­droei­ra de Mi­nas, na Ser­ra da Pie­da­de, e o tri­cen­te­ná­rio de apa­ri­ção da ima­gem da pa­droei­ra do Bra­sil, Nos­sa Se­nho­ra Apa­re­ci­da, no Rio Pa­raí­ba do Sul (SP). Se­gun­do o coor­de­na­dor das pas­to­rais de Cul­tu­ra e de Tu­ris­mo da Ar­qui­dio­ce­se de Be­lo Ho­ri­zon­te, pro­fes­sor Jo­si­mar Aze­ve­do, o tra­je­to de 801 qui­lô­me­tros se­rá cum­pri­do a pé, de bi­ci­cle­ta, a ca­va­lo e em 40 ji­pes 4x4 e quem qui­ser po­de­rá par­ti­ci­par de um pro­je­to his­tó­ri­co.

ROTEIRO DA CAMINHADA
ROTEIRO DA CAMINHADA
A jor­na­da de 37 dias vai pas­sar por 38 mu­ni­cí­pios, sen­do 32 em ter­ri­tó­rio mi­nei­ro e seis no pau­lis­ta, in­for­ma Jo­si­mar, que coor­de­nou, no San­tuá­rio da Ser­ra da Pie­da­de, em Cae­té, o úl­ti­mo se­mi­ná­rio de pre­pa­ra­ção pa­ra a Ro­ma­ria 550, com a pre­sen­ça de re­pre­sen­tan­tes de igre­jas de ci­da­des e dis­tri­tos que in­te­gram a Ar­qui­dio­ce­se de BH e fa­zem par­te do Ca­mi­nho Re­li­gio­so da Es­tra­da Real (Crer), en­tre eles Be­lo Ho­ri­zon­te, Cae­té, Mor­ro Ver­me­lho, An­tô­nio dos San­tos, No­va Li­ma, Ra­po­sos e Rio Aci­ma. “Com a ro­ma­ria, se­rá ins­ta­la­do o ofi­cial­men­te o Crer”, dis­se o pro­fes­sor, cer­to da ade­são de mui­ta gen­te ao pro­je­to e do en­tu­sias­mo ne­ces­sá­rio pa­ra su­bir ser­ras, per­cor­rer pla­ní­cies, ad­mi­rar pai­sa­gens e, cla­ro, ter mui­to tem­po pa­ra re­fle­xão.

A saí­da a pé es­tá pre­vis­ta pa­ra 3 de se­tem­bro, do to­po da Ser­ra da Pie­da­de, no en­cer­ra­men­to do 2º Sa­lão Na­cio­nal do Tu­ris­mo Re­li­gio­so, que se­rá rea­li­za­do des­de o dia 1º. A es­ti­ma­ti­va é de que, a prin­cí­pio, saiam 10 pe­re­gri­nos do lo­cal, aos quais se jun­ta­rão cen­te­nas de ou­tros pa­ra cum­prir tre­chos. “Te­re­mos a par­ti­ci­pa­ção de 740 jo­vens ao lon­go do ro­tei­ro, que vão fa­zer pe­que­nos tre­chos a pé e re­tor­nar pa­ra ca­sa no mes­mo dia”, dis­se Jo­si­mar, con­vi­dan­do os in­te­res­sa­dos a se jun­tarem ao gru­po pa­ra ce­le­brar as pa­droei­ras dos mi­nei­ros e bra­si­lei­ros.

LAR­GA­DA En­quan­to a tur­ma es­ti­ver ca­mi­nhan­do, re­ce­be­rá ou­tros ani­ma­dos pe­re­gri­nos em da­tas di­fe­ren­tes. Con­for­me o ca­len­dá­rio ago­ra con­cluí­do, a par­ti­da de um gru­po a ca­va­lo se­rá em 17 de se­tem­bro; os ci­clis­tas pe­da­lam a par­tir de 24/9; e os con­du­to­res dos veí­cu­los off road da­rão a lar­ga­da em 1º de ou­tu­bro. O en­con­tro de to­dos se­rá em 8 de ou­tu­bro, em Gua­ra­tin­gue­tá (SP), se­guin­do no dia se­guin­te pa­ra o San­tuá­rio de Nos­sa Se­nho­ra Apa­re­ci­da, que te­rá a gran­de fes­ta em 12 de ou­tu­bro. Quem qui­ser se unir ao gru­po po­de en­viar e-mail pa­ra con­ta­to@sa­crum­bra­si­li­da­des.com ou li­gar pa­ra (31) 3564-4833.

Ao la­do da Ar­qui­dio­ce­se de BH, par­ti­ci­pam da em­prei­ta­da a Fe­de­ra­ção do Co­mér­cio de Bens, Ser­vi­ços e Tu­ris­mo do Es­ta­do de Mi­nas Ge­rais (Fe­co­mér­cio MG), Fe­de­ra­ção das In­dús­trias do Es­ta­do de Mi­nas Ge­rais (Fie­mg), Se­brae Mi­nas, Con­fe­rên­cia Na­cio­nal dos Bis­pos do Bra­sil (CNBB), PUC Mi­nas, go­ver­nos de Mi­nas e de São Pau­lo, com as se­cre­ta­rias es­ta­duais de Tu­ris­mo, e ou­tras ins­ti­tui­ções dos dois es­ta­dos.

Cláudio Leão será um dos peregrinos na viagem pelos caminhos de Minas: 'Trata-se de um mergulho interior'(foto: Juarez Rodrigues/EM/D.A Press)
Cláudio Leão será um dos peregrinos na viagem pelos caminhos de Minas: 'Trata-se de um mergulho interior' (foto: Juarez Rodrigues/EM/D.A Press)

ROMARIA Com lar­ga ex­pe­riên­cia em ca­mi­nha­das re­li­gio­sas de lon­ga dis­tân­cia, que in­clui 6.014 qui­lô­me­tros, em 2001, na Eu­ro­pa, em di­re­ção a Je­ru­sa­lém, em Is­rael, o re­la­ções-pú­bli­cas Cláu­dio Leão, de 51 anos, é um dos pe­re­gri­nos que vão par­tir da Ro­ma­ria 550, da Ser­ra da Pie­da­de a Apa­re­ci­da. “O Crer sig­ni­fi­ca uma ex­pe­riên­cia mui­to im­por­tan­te e te­mos que ter uma pre­pa­ra­ção fí­si­ca pa­ra per­cor­rê-lo. Se­rão, em mé­dia, 20 qui­lô­me­tros por dia, com du­ra­ção en­tre qua­tro e cin­co ho­ras”, diz o mo­ra­dor do Bair­ro Gu­tier­rez, na Re­gião Oes­te de BH. En­tre as boas lem­bran­ças de ca­mi­nha­da ele ci­ta o Ca­mi­nho de San­tia­go de Com­pos­te­la.

Na tar­de de on­tem, na Pra­ça Car­los Cha­gas, mais co­nhe­ci­da co­mo Pra­ça da As­sem­bleia, na Re­gião Cen­tro-Sul de BH, ele dis­se que jor­na­das des­se ti­po são fun­da­men­tais pa­ra o au­to­co­nhe­ci­men­to e re­fle­xão. “Tra­ta-se de um mer­gu­lho in­te­rior, com mui­tas ho­ras pa­ra en­fren­tar­mos nos­sos fan­tas­mas”, afir­ma o re­la­ções-pú­bli­cas, que es­pe­ra con­tar com cer­ca de mil pes­soas na che­ga­da fi­nal a Apa­re­ci­da (SP). “Re­pou­so e ali­men­ta­ção, du­ran­te o pe­río­do de ro­ma­ria, são im­pres­cin­dí­veis”, faz ques­tão de res­sal­tar.

Pioneiros do trajeto, Edésio Martinho e José Eustáquio percorreram as estrada no ano passado(foto: Beto Novaes/EM/D.A Press - 19/5/16)
Pioneiros do trajeto, Edésio Martinho e José Eustáquio percorreram as estrada no ano passado (foto: Beto Novaes/EM/D.A Press - 19/5/16)
No ano pas­sa­do, de for­ma pio­nei­ra, con­for­me do­cu­men­tou o Es­ta­do de Mi­nas, os ami­gos Edé­sio Mar­ti­nho de Oli­vei­ra, mo­ra­dor de Be­lo Ho­ri­zon­te, e Jo­sé Eus­tá­quio de Sou­za Ma­tos, re­si­den­te no mu­ni­cí­pio vi­zi­nho de Ves­pa­sia­no, per­cor­reram a ro­ta de fé en­tre o San­tuá­rio de Nos­sa Se­nho­ra da Pie­da­de, em Cae­té, na Gran­de BH, e Apa­re­ci­da (SP). Fo­ram 32 dias de ca­mi­nha­da por es­tra­das de ter­ra e as­fal­to de Mi­nas e São Pau­lo, e a che­ga­da triun­fal à ca­sa da pa­droei­ra do Bra­sil. “É um ca­mi­nho viá­vel, pos­sí­vel e ma­ra­vi­lho­so”, re­ve­lou Jo­sé Eus­tá­quio.

“O mais im­por­tan­te não é a che­ga­da, e sim a ca­mi­nha­da. Afi­nal, nós, se­res hu­ma­nos, te­mos um cor­po e nos­sa res­pi­ra­ção”, re­fle­tiu Edé­sio. A jor­na­da his­tó­ri­ca da Ser­ra da Pie­da­de a Apa­re­ci­da pe­lo Crer te­ve apoio do Nú­cleo de Es­tu­dos e Pes­qui­sas em Pas­to­ral da Cul­tu­ra (Ne­pac), da PUC Mi­nas.

Tri­lhan­do a pé em mé­dia 24 qui­lô­me­tros por dia, num tem­po de seis a se­te ho­ras – das 6h às 13h –, os dois ami­gos, am­bos apo­sen­ta­dos, con­si­de­ra­ram a ex­pe­riên­cia “in­des­cri­tí­vel”, em es­pe­cial pe­la pai­sa­gem e pe­las pes­soas en­con­tra­das du­ran­te a tra­ves­sia. Eles ci­tam co­mo de gran­de be­le­za os tre­chos en­tre Ra­po­sos e Rio Aci­ma, na Re­gião Me­tro­po­li­ta­na de BH, o aces­so a Ita­bi­ri­to, a es­tra­da que vai do dis­tri­to de São Bar­to­lo­meu, em Ou­ro Pre­to, na Re­gião Cen­tral, à se­de do mu­ni­cí­pio e a des­ci­da da Ser­ra da Man­ti­quei­ra, no Sul do es­ta­do. “Há lu­ga­res su­bli­mes, en­tre eles as la­goas de Ca­xam­bu e São Lou­ren­ço, a Ser­ra de Car­ran­cas, a tra­ves­sia de bal­sa en­tre Ca­quen­de e Ca­pe­la do Sa­co”, con­tou Jo­sé Eus­tá­quio. Os dois saí­ram da Ser­ra da Pie­da­de em 22 de maio de 2016.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade