Publicidade

Estado de Minas

Corpo triturado por máquina é encontrado em um canavial de Uberaba

A Polícia Civil investiga o caso e até o momento ninguém foi preso


postado em 11/01/2017 11:38 / atualizado em 11/01/2017 12:53

A Polícia Civil está investigando a quem pertence os pedaços de corpo humano encontrado nessa terça-feira em um canavial de uma fazenda no quilômetro 828, na BR-262, Zona Rural de Uberaba, no Triângulo Mineiro. De acordo com o delegado Cyro Outeiro Pinto Moreira, da Delegacia de Homicídios, trabalhadores rurais encontraram os restos mortais durante um corte de cana. 

“Uma máquina triturou o corpo e devido o estado avançado de decomposição, os trabalhadores sentiram o mau cheiro e viram o que havia acontecido. Tudo indica que isso foi uma forma de atrapalhar as investigações”, disse. Ainda segundo o delegado, não foi possível identificar de quem são os restos mortais. Mas, tudo indica que seria de um homem, pois foi encontrado um sapato e uma cueca no local. 

“A nossa linha de investigação é apurar as pessoas desaparecidas na cidade. Já temos uma família fazendo o exame de DNA para reconhecer a vítima. Os restos mortais podem pertencer a um homem que está desaparecido desde o dia 15 de dezembro do ano passado”, informou, acrescentando que o carro dessa vítima foi localizado nessa segunda-feira, próximo ao local onde o corpo triturado foi encontrado. 

O material foi encaminho para o Instituto Médico Legal (IML) para identificação. Até o momento ninguém foi preso e o caso está sendo investigado. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade