Publicidade

Estado de Minas FAÇA A SUA PARTE

Garis trabalham 24h por dia para limpar sujeira do carnaval em BH

Além do trânsito retido, carnaval'2016 em Belo Horizonte também tem sido marcado pelo grande acúmulo de resíduos. Somente no sábado foram recolhidas 65 toneladas nas regiões Centro-Sul, Pampulha, Leste e Noroeste


postado em 08/02/2016 09:31 / atualizado em 08/02/2016 09:47

(foto: Benny Cohen/EM/D.A. Press)
(foto: Benny Cohen/EM/D.A. Press)
Além do trânsito retido em várias partes da cidade, devido à dispersão dos blocos, o carnaval'2016 em Belo Horizonte também tem sido marcado pelo grande acúmulo de lixo nas ruas. Para garantir a limpeza e amenizar tanto lixo largado por ambulantes e foliões, a Superintendência de Limpeza Urbana (SLU) montou um esquema de trabalho 24h na regional Centro-Sul, que concentra a maioria dos desfiles. Os garis trabalham em três turnos, que vão das 6h às 14h, das 14h às 22h e das 22h às 6h. Foram empenhados cerca de 300 profissionais e uma frota de 20 caminhões, entre compactadores e basculantes.

Somente no sábado, as equipes da Gerência Regional de Limpeza Urbana Centro-Sul (Gerlu-CS) recolheram mais de 65 toneladas de resíduos em cerca de 160 bocas de lobo nas regiões da Praça da Estação, Savassi e rua dos Guaicurus, no Centro. Em Santa Tereza, os garis da Gerência Regional de Limpeza Urbana Leste (Gerlu-L) cuidaram de mais de 70 bueiros.

 

Somente no sábado, garis recolheram mais de 65 toneladas na Praça da Estação, Savassi e rua dos Guaicurus(foto: Andréa Pereira Frões/Divulgação SLU)
Somente no sábado, garis recolheram mais de 65 toneladas na Praça da Estação, Savassi e rua dos Guaicurus (foto: Andréa Pereira Frões/Divulgação SLU)

Caminhões-pipa entraram em ação em áreas como Santa Tereza(foto: Osvaldo do Carmo Machado/Divulgação SLU)
Caminhões-pipa entraram em ação em áreas como Santa Tereza (foto: Osvaldo do Carmo Machado/Divulgação SLU)

Apesar da sujeira, nos trajetos dos desfiles, os foliões têm à disposição mais de 25 mil cestos fixos, cada um com capacidade para 30 litros de resíduos. Outros 500 contêineres de 240 litros ainda foram instalados para reforçar o descarte correto: 346 na regional Centro-Sul, 30 na Pampulha e 26 na região Noroeste. Conforme a necessidade, os contêineres são remanejados para áreas de maior demanda.

Nas ruas, montanhas de saco de lixo trazem a mensagem
Nas ruas, montanhas de saco de lixo trazem a mensagem "carnaval consciente", "a cidade é sua, a festa é nossa" (foto: Benny Cohen/EM/D.A. Press)
LAVAÇÃO COMPLETA Depois da varrição, alguns pontos de BH também necessitam de uma lavação completa. É aí que entram ema ação três caminhões-pipa. No sábado, os veículos utilizaram quase 70 mil litros de água de reúso e cerca de 30 litros de desinfetante, somente nas regiões Centro-Sul e Pampulha.

Em toda a cidade, entre garis, motoristas, ajudantes, coordenadores e chefias, são mais de mil pessoas cuidando da limpeza.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade