Publicidade

Estado de Minas

Prefeito de Mariana quer transformar Bento Rodrigues em memorial

Duarte Júnior apresentou a ideia na COP 21, em Paris, onde pediu apoio da Unesco. Ele também vai se reunir com MPMG para discutir a pauta


postado em 07/12/2015 17:50

A Prefeitura de Mariana deseja transformar o subdistrito de Bento Rodrigues, o primeiro destruído pela avalanche de lama que vazou da barragem da Samarco, num memorial. Para isso, o prefeito da cidade histórica, Duarte Júnior, aproveitou a viagem que fez na semana passada à França, onde participou da 21ª Conferência das Partes das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP21), para pedir apoio à Unesco.

“O Bento Rodrigues não pode ser esquecido. Queremos que a Unesco nos ajude e que o subdistrito passe a ser um memorial, onde a tragédia não seja esquecida. As pessoas vão olhar para o futuro, viver o presente, mas elas não podem esquecer o passado. Não vamos esquecer o nosso passado”, disse o prefeito.

Nos próximos dias, ele vai aproveitar uma reunião com promotores do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) para apresentar a pauta. Ele também vai agendar um encontro com representantes do Ministério do Meio Ambiente e do Instituto do Patrimônio Histórico, Artístico e Artístico Nacional (Iphan) para discutir o assunto.

“Se for ocorrer a demolição de Bento Rodrigues, que já se prepare para o memorial. Sou contrário que lá se torne uma grande barragem. Lá tem que servir de referência para o mundo”.


Publicidade