Publicidade

Estado de Minas

Justiça do Espírito Santo convoca Samarco para audiência de conciliação com pescadores

Se não houver acordo durante a audiência, o juiz tomará uma decisão na hora. De acordo com o Tribunal de Justiça do estado, a negociação do pedido de liminar para indenização destes trabalhadores foi impetrado na terça


postado em 25/11/2015 13:55 / atualizado em 25/11/2015 13:59

Ver galeria . 10 Fotos Gabriela Biló/Estadão Conteúdo ES
(foto: Gabriela Biló/Estadão Conteúdo ES )
A 2ª Vara Cível e Comercial de Linhares, no Espírito Santo, decidiu que vai convocar a mineradora Samarco para uma audiência especial de conciliação com pescadores no dia 2 de dezembro. De acordo com o Tribunal de Justiça do estado, a negociação do pedido de liminar para indenização destes trabalhadores foi impetrada na terça-feira pelo advogado Leonardo Amarante, representante dos pescadores cadastrados na Federação das Colônias e Associações do Espírito Santo (Fecopes).

Se não houver acordo durante a audiência, o juiz tomará uma decisão na hora. “A resposta da Justiça capixaba ao pleito dos pescadores foi rápida e eficaz. Confiamos no judiciário para que essa tragédia tenha seus efeitos devastadores reparados”, disse Leonardo Amarante.

O valor solicitado é de pelo menos um salário mínimo (R$ 788,00) para cada um dos integrantes das colônias capixabas existentes no Rio Doce até a sua Foz em Vitória, inclusive para os pescadores deste último município, além de danos morais.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade