Publicidade

Estado de Minas

Moradores estão sem energia elétrica em quatro comunidades de MG devido à tragédia

A Cemig informou que trabalha para normalizar a situação em Paracatu, Pedras, Mariana e Barra Longa. Até mesmo um helicóptero está sendo utilizado na ação para recompor a rede elétrica


postado em 10/11/2015 16:21 / atualizado em 11/11/2015 09:04

Moradores de ao menos quatro comunidades atingidas pela lama de rejeitos que desceram de duas barragens em Mariana, na Região Central de Minas Gerais, continuam sem energia elétrica. A Cemig informou que trabalha para normalizar a situação em Paracatu, Pedras, Mariana e Barra Longa. Até mesmo um helicóptero está sendo utilizado na ação para recompor a rede elétrica.

As cidades de Mariana e Barra Longa têm situações mais complicadas. Segundo a Cemig, 147 clientes seguem sem energia. Nessas localidades, a rede elétrica que atendia o comércio e as residências foi totalmente destruída pela força da lama. Um novo circuito está sendo construído no local. A previsão é de que o serviço seja normalizado na quarta-feira.

Para resolver a situação, a Companhia montou uma base em Gesteira, no município de Barra Longa. Uma aeronave está sendo usada para dar apoio aos caminhões que vão trabalhar na região para recompor a rede elétrica, que foi soterrada.

De acordo com a Cemig, o fornecimento de energia já foi restabelecido na maioria dos clientes em Paracatu e Pedras. Faltam apenas 63 consumidores da área urbana destas cidades e outros dois da zona rural. Os trabalhos devem ocorrer somente depois que técnicos da Defesa Civil fizerem uma vistoria, pois ainda há casas parcialmente destruídas pela lama e outros imóveis que estão bem próximos às margens dos rios.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade