Publicidade

Estado de Minas

Projeto Árvore é Vida incentivará plantio de um milhão de mudas na Estrada Real


postado em 29/06/2011 11:47

O secretário de Estado de Turismo, Agostinho Patrus Filho; o secretário de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Adriano Magalhães Chaves; o secretário de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Elmiro Alves do Nascimento; e a presidente da Associação das Caminhantes da Estrada Real, Maria Elvira Salles Ferreira, assinaram, na terça- feira (28), na Cidade Administrativa Presidente Tancredo Neves, Protocolo de Intenção para implementar o projeto Árvore é Vida no percurso da Estrada Real. A meta é o plantio de um milhão de árvores. O Árvore é Vida é um projeto de reflorestamento e visa impulsionar a conscientização ecológica.

Responsabilidades


Para execução do projeto Árvore é Vida, a Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável irá fornecer, através do Instituto Estadual de Florestas, mudas de arvores nativas, de acordo com o bioma local, além de dar todo apoio necessário referente às questões de educação ambiental no trecho.

O secretário Adriano Magalhães Chaves afirma que o protocolo é mais uma etapa no trabalho de aproximação da sociedade com a questão ambiental. “Somente a conscientização levará à mudança de atitude das pessoas”, destaca. Magalhães observa que os plantios serão precedidos de planejamento e estudos para identificar áreas, espécies e técnicas adequadas. “A dinâmica que adotamos no Sistema Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos é de buscar parcerias, adotando uma postura mais orientadora que fiscalizatória”, afirma.

A Secretaria de Estado de Turismo será responsável pelo envolvimento das Associações de Circuitos Turísticos inseridas na Estrada Real. Durante a cerimônia, o secretário Agostinho Patrus Filho afirmou que a integração é essencial para a eficácia do projeto. “Vamos envolver os atores inseridos na cadeia do turismo, os nossos presidentes e gestores dos circuitos, os trabalhadores da atividade turística, as escolas e também as prefeituras e fazer uma grande cadeia que sensibilize e motive as comunidades neste esforço”, afirmou.

A Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, através da Emater-MG, dará orientação técnica e fará acompanhamento do plantio. O secretário Elmiro Nascimento lembrou que, por orientação do governador Antonio Anastasia, as secretarias de Estado estão trabalhando em rede, em harmonia e parceria para a concretização de bons projetos. “Estamos engajados em trabalhar em prol de nossas comunidades, buscando o bem comum e, acima de tudo, a preservação de nosso ambiente natural”, destacou.

Já as Caminhantes da Estrada Real farão a mobilização das prefeituras para que as mesmas colaborem na execução do projeto e no envolvimento das comunidades. De acordo com a presidente da Associação de Caminhantes da Estrada Real, Maria Elvira Salles Ferreira, a assinatura do protocolo marca o início das atividades no Estado. “Este trabalho é fruto de um ideal. Estamos dando testemunho de amor ao planeta, contribuindo hoje para o futuro de nosso meio ambiente. A estratégia é o plantio aliado à conscientização”, disse. Ainda de acordo com Maria Elvira, entre os dias 2 e 9 de julho, durante a 12° Caminhada Feminina pela Estrada Real, entre Santos Dumont e Juiz de Fora, as mulheres caminhantes farão o plantio simbólico das primeiras mudas.

Histórico


O projeto foi criado em 2006 pela Associação de Mulheres de Negócios e Profissionais (BPW), entidade que conta com a participação de mulheres de negócios e profissionais de cerca de 100 países. Em Minas Gerais, o Árvore é Vida foi abraçado pelas Caminhantes da Estrada Real.

O projeto já alcançou outros estados brasileiros. Em São Paulo, na cidade de Itu, foi realizado o plantio de 30 mil árvores de 82 espécies por 12.500 voluntários. Já em Barueri, foi feito o plantio simultâneo de 18.886 árvores por 6.550 voluntários, em 2008. De acordo com a BPW, no Rio Grande do Sul, somente este ano, foram plantadas 3 milhões de mudas de árvores pelos familiares de agricultores do estado.

Compartilhe no Facebook
*Apenas para assinantes do Estado de Minas

Publicidade