Publicidade

Estado de Minas

Poluição ameaça a saúde dos moradores em São José da Lapa


postado em 28/03/2011 14:36

Os resíduos expelidos pelas chaminés das indústrias de cal na cidade de São José da Lapa, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, ameaçam a saúde dos moradores. Diariamente eles recolhem pás de cal dos terrenos. O reflexo da poluição também pode ser visto nas unidades de saúde, onde é grande o número de pessoas com doenças respiratórias como faringite, asma e pneumonia.

São duas fábricas de cal funcionando 24 horas por dia no município. Os alvarás de funcionamento são concedidos pela prefeitura desde que os órgãos ambientais deem a licença. Mas, para isso, as fábricas têm que seguir regras claras sobre os níveis de poluição.

O prefeito de São José da Lapa, Francisco Fagundes (PT), diz ter um gráfico elaborado por um órgão de proteção ambiental indicando que o nível de resíduos no ar está acima do permitido. Ele promete rigidez com as empresas que estiverem descumprindo os acordos firmados, mas, para isso, precisa da presença da fiscalização.

Confira a reportagem da TV Alterosa


Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade