Publicidade

Estado de Minas

Bola teria recebido 70 mil reais para matar Eliza


postado em 09/03/2013 08:23

A promotoria investiga movimentações bancárias dos réus para confirmar suposto pagamento de Bruno ao ex-policial civil Marcos Aparecido dos Santos, o Bola, para executar Eliza e se desfazer do corpo da ex-amante do goleiro. O promotor Henry Wagner Vasconcelos disse que apresentará os dados “na ocasião certa ” à Justiça. Assistente de acusação, o advogado José Arteiro sustenta que Bruno pagou R$ 70 mil a Bola, que vai a julgamento em 22 de abril.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade