Publicidade

Estado de Minas

Promotor diz que segundo dia de julgamento será focado nas testemunhas


postado em 20/11/2012 10:11 / atualizado em 20/11/2012 10:13

O promotor Henry de Castro afirmou na manhã desta terça-feira que a expectativa para o segundo dia de julgamento é o depoimento das testemunhas.

Estão previstos para hoje os depoimentos da delegada Ana Maria Santos, que comandou o início do inquérito policial sobre o desaparecimento de Eliza, e o detento Jailson Alves de Oliveira, companheiro de cela do Bola.



O promotor diz que espera que seja comprovado que o depoimento do adolescente J.L foi feito de forma espontânea. Hoje vamos provar que o depoimento do J.L, foi livre de constrangimento”. Na época do inquérito a delegada ouviu o menor, uma das únicas testemunhas a fornecer informações sobre o crime e confirmar a morte de Eliza.

Sobre o depoimento de Jailson, o promotor espera que ele fale diretamente o que Bola o revelou na cadeia. Na ocasião, Jailson contou à polícia que o ex-policial Bola afirmou para ele que matou Eliza Samudio e que “o corpo só seria encontrado se peixe falasse”.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade