Publicidade

Estado de Minas

Bola presta depoimento em audiência sobre morte de carcereiro


postado em 13/07/2011 11:34 / atualizado em 13/07/2011 14:26

O ex-policial Marcos Aparecido dos Santos, o Bola, um dos réus no processo sobre desaparecimento de morte de Eliza Samudio, ex-amante do goleiro Bruno Fernandes, será ouvido nesta quarta-feira pela Justiça. Bola participa de uma audiência de instrução e julgamento no Fórum de Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Ele é acusado de matar a tiros o carcereiro Rogério Martins Novelo, em maio de 2000, em Contagem.

A sessão começou por volta de 10h sob o comando da juíza Tribunal do Júri de Contagem, Marixa Rodrigues, mesma magistrada que atua no Caso Bruno. A irmã da vítima foi a primeira a prestar depoimento. Outras quatro pessoas devem ser ouvidas, inclusive o homem que deu à polícia o retrato falado de Bola na época do crime. Segundo o Ministério Público, Bola teria sido contratado para matar o carcereiro.

Segundo o Tribunal de Justiça de Minas Gerais, o ex-policial chegou ao fórum sob escolta e no início da audiência entrou na sala do tribunal. Logo depois saiu para que fossem ouvidas as testemunhas.

Confira a reportagem da TV Alterosa

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade