Publicidade

Estado de Minas

Exames descartam que corpo carbonizado seja de Eliza


postado em 29/07/2010 08:30

O corpo carbonizado encontrado no dia 26 de junho em Cachoeira Paulista, no interior de São Paulo, não é de Eliza Samudio, ex-amante do goleiro Bruno Fernandes Souza, segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP). O laudo foi enviado para a polícia na noite de quarta-feira pelo Instituto de Criminalística (IC). De acordo com a delegada seccional de Guaratinguetá, Sandra Vergal, foi confirmado que o corpo é de um homem.

Os exames foram feitos baseados em partes do corpo enviadas para o Instituto Médico legal (IML) de Guaratinguetá. Foram enviados para análise o fêmur e um dente do corpo. Eliza está desaparecida desde o início de junho. Ela tentava provar na Justiça que Bruno - que está preso - era pai do filho dela. Para a polícia em Minas Gerais, a ex-modelo foi morta.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade