UAI
Publicidade

Estado de Minas

Concurso IBGE: recenseadores são convocados para o Censo 2022

Os aprovados passarão por treinamento nos próximos dias 18 e 22 de julho. Já o Censo Demográfico 2022 inicia no dia 1º de Agosto


12/07/2022 09:35

Tânia Rego/Agencia Brasil
Tânia Rego/Agencia Brasil (foto: Tânia Rego/Agencia Brasil)
Faltando apenas 20 dias para o início da pesquisa do Censo Demográfico 2022, o Instituto Brasiliero de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou a convocação dos aprovados no edital complementar do concurso para recenseadores. 


O documento com os nomes dos aprovados dentro do número de vagas está disponível no site do IBGE. O Instituto solicita ainda que os candidatos aprovados para o cargo de recenseador se apresentem munidos dos documentos abaixo (original ou cópia autenticada):

  • identidade;

  • título de eleitor;

  • certidão de quitação eleitoral;

  • certificado de reservista, com a dispensa do serviço militar obrigatório (se do sexo masculino);

  • comprovante de inscrição no PIS/PASEP, se possuir;

  • comprovante de residência;

  • comprovante de naturalização (no caso de estrangeiro naturalizado);

  • cópia assinada da declaração de bens e rendimentos do ano-base imediatamente anterior apresentada à Secretaria da Receita Federal com o recibo de

  • entrega da declaração, quando for o caso; e

  • comprovante de escolaridade, de acordo com o estabelecido no anexo II do edital 10/2021.


A apresentação deve ocorrer até a próxima sexta, 15 de julho. O concurso público temporário contou com 48.535 vagas remanescentes para recenseadores. Os selecionados vão atuar no Censo Demográfico,que começa no próximo dia 1º de agosto. 


Recenseadores

Os recenseadores do IBGE atuarão diretamente na coleta das informações em mais de 70 milhões de domicílios brasileiros. Os aprovados passarão por treinamento nos próximos dias 18 e 22 de julho. 


O salário dos nomeados é por produção, calculada por setor censitário, por unidades recenseadas, tipo de questionário, pessoas recenseadas e registro no controle da coleta de dados. Os servidores vão cumprir jornada de trabalho de, no mínimo, 25 horas semanais. 

  Confira aqui o simulador!


Além da remuneração, os recenseadores terão direito aos auxílios alimentação, transporte e pré-escolar, assim como férias e 13º salário proporcionais. O contrato inicial será de três meses, cabendo prorrogação.


A seleção complementar ofereceu 48.535 oportunidades temporárias. Para participar, foi preciso ter ensino fundamental. O contrato terá duração de 3 meses, podendo ser prorrogados a depender da necessidade do IBGE. 



A Seleção


Para o cargo de recenseador, a remuneração é por produção, calculada por setor censitário, por unidades recenseadas (domicílios urbanos e/ou rurais), tipo de questionário (básico ou amostra), pessoas recenseadas e registro no controle da coleta de dados.


Além do salário, os aprovados terão direito aos auxílios alimentação, transporte e pré-escolar, assim como férias e 13º salário proporcionais. O contrato inicial será de três meses, cabendo prorrogação.


As inscrições para o concursol complementar de recenceador do IBGE já estão abertas. O periodo para se cadastrar vai até o dia 15 de junho. A participação no processo seletivo será gratuita. 


As inscrições são online, mediante o preenchimento do formulário, que será disponibilizado no  site do IBGE . O candidato deverá enviar o documento preenchido para o e-mail da unidade que abrange a localidade da vaga de interesse (anexo I do edital).

Junto ao formulário, o candidato deve anexar as cópias da sua documentação (identidade e titulação acadêmica). A análise dos títulos será classificatória. O resultado final e os locais em que estão as vagas serão divulgados em breve.

 

IBGE ofereceu mais de 206 mil vagas

O concurso IBGE ofereceu 206.891 vagas temporárias em todo o país. As oportunidades foram para diversos cargos e áreas, contemplando os níveis fundamental e médio. 


As remunerações mensais variam entre R$1.700 para o agente supervisor e R$2.100 para o agente municipal. Com o auxílio-alimentação de R$458, os valores serão elevados para R$2.158 e R$2.558, respectivamente. 

Além disso, os aprovados terão direito ao auxílio-transporte e ao auxílio pré-escolar, assim como férias e 13º salário proporcionais.





receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade