Publicidade

Estado de Minas

Secretarias de Saúde de RO e AL abrem 470 vagas; salários até R$ 12 mil

Chances são para profissionais da Saúde para enfrentamento da pandemia de coronavírus


postado em 02/04/2020 11:44

(foto: Divulgação/Governo de MG )
(foto: Divulgação/Governo de MG )
Sesau/RO

São oferecidas 430 vagas, sendo: assistente social (6), auxiliar de serviços gerais (27), biomédico (2), enfermeiro (57), farmacêutico (12), fisioterapeuta (39), fonoaudiólogo especialista em fonoaudiologia hospitalar (6), médico clínico geral (36), médico infectologista (3), médico intensivista (10), médico intensivista (15), médico gineco-obstetra (5), médico gineco-obstetra (5), médico pediatra (10), médico pediatra (12), médico radiologista (2), médico cirurgião torácico (1), médico pneumologista (1), motorista (5), nutricionista (2), psicólogo (3), técnico em enfermagem (140), técnico em laboratório (5), técnico em nutrição e dietética (11) e técnico em radiologia (15).

As remunerações variam de R$ 1.450,91 a R$ 12.047,24 para jornadas de trabalho entre 20 e 40 horas semanais. Os candidatos serão avaliados por meio de análise de títulos. Os aprovados serão lotados nas unidades públicas estaduais de Porto Velho, Buritis, Cacoal, São Francisco do Guaporé e em Extrema.

Os contratos terão duração de seis meses ou pelo período que perdurar a pandemia de coronavírus, com possibilidade de prorrogação. As inscrições já estão abertas e devem ser feitas pelo site http://emergencial.sesau.ro.gov.br/. O edital não menciona data do fim dos cadastros.


Sesau/AL 

Após de abrir chamamento público para 500 médicos e técnicos em enfermagem (as inscrições já se encerraram), também em razão da situação de calamidade pública declarada para enfrentamento do novo Coronavírus em Alagoas, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) lançou edital para a contratação temporária de 20 psicólogos e 20 assistentes sociais.

As inscrições estarão abertas até as 23h59 de sexta-feira (3/4), horário de Brasília, enviando a documentação necessária para o e-mail curriculo01@saude.al.gov.br. Para participar da seleção administrativa, além do currículo, devem ser encaminhadas as cópias do diploma de instituição, que deve ser reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC), além da carteira do conselho de classe.

Os candidatos selecionados assinarão um contrato temporário de seis meses, podendo ser prorrogado, conforme a necessidade do serviço que irão atuar. Os classificados devem cumprir carga horária semanal de 30 horas, com escala 12hx48h, e terão salário de R$ 3.600.

A seleção curricular será realizada em etapa única, de caráter classificatório e eliminatório. Para critério de classificação, os candidatos deverão comprovar experiência em unidade hospitalar pública ou particular e, em caso de empate, será selecionado o candidato com maior idade e tempo de formação.

Não poderão participar do processo seletivo, profissionais maiores de 60 anos ou com doenças que estejam no grupo de risco para o novo Coronavírus, como especifica o Ministério da Saúde. 

Compartilhe no Facebook
*Apenas para assinantes do Estado de Minas

Publicidade