Publicidade

Estado de Minas

Festa do queijo reúne os maiores produtores em BH

Evento na Savassi terá vendas, pratos salgados e doces, além de oficinas gratuitas de harmonização


postado em 04/12/2019 15:22

Reza a lenda que mineiro dá a vida por um queijo. Mitos à parte, quem quiser conhecer grandes produtores mineiros dessa guloseima tão apreciada terá mais uma oportunidade, agora na Festa do Queijo, que será realizada neste domingo (8), a partir das 10h, na Savassi. Em sua primeira edição, o evento contará com sabores de todo o estado, além de estandes de vendas, restaurantes, oficinas de harmonização e shows musicais com os grupos Odilara (MPB), Briga de galo (samba) e o violeiro Renato Caetano, com canções dos Beatles adaptadas à viola.

A entrada é gratuita. Serão expostos dezenas de queijos, representados pelos principais produtores de várias localidades mineiras, com promessa de diversidade de tipos, sabores, aromas e texturas. De acordo com Léo Soares, um dos responsáveis pela organização, quem for poderá saborear produtos artesanais e industriais de variadas regiões queijeiras de Minas, como a Serra da Canastra, Alagoa, Serro, Araxá, Serra da Mantiqueira, Campo das Vertentes, Zona da Mata e Cerrado. “São produtores de queijos de leite de vaca, cabra, ovelha e búfala”.

Segundo Soares, a expectativa é receber cerca de 10 mil pessoas nesta edição, que ele aponta como a primeira do gênero feita ao ar livre na cidade, dedicada exclusivamente ao queijo e a suas versões. Reconhecido como patrimônio gastronômico e cultural imaterial de Minas, o produto está presente em inúmeros pratos, tanto doces quanto salgados, integrando a mesa dos mineiros há mais de 200 anos. “O alimento faz parte da nossa história desde o começo do século XVIII e, ao longo dos anos, a produção desse laticínio no estado se desenvolveu e se tornou a maior do país. Hoje, ela é muito conceituada e conta com vários tipos premiados pela sua grande qualidade no Brasil e exterior”, observa Soares.

Ele ressalta que a ideia é receber pessoas também de outros estados. Do evento participarão também 10 restaurantes que apresentarão comidas e pratos diversificados (principal, sobremesa ou tira-gosto que envolva queijo). “O objetivo é valorizar a riqueza dos produtos mineiros e, principalmente, o uso do queijo na gastronomia”.

COZINHA Soares reforça que no cardápio constarão opções de sanduíches, pizzas, massas e pratos típicos da culinária estadual. Para acompanhar, cervejas, vinhos, cafés, cachaças, sucos e drinks feitos pelo coqueteleiro Diego Kruz.

Haverá cerca de 20 estandes de queijos. Soares diz que foram convidados os maiores produtores do estado. “Das sete principais associações das microrregiões de queijo artesanal, estamos trazendo seis. Estamos contando também com a Laticínios Nosso, que é o maior produtor de queijo do reino do Brasil, dois representantes de queijo de cabra, que é o Santa Cecília, Capril Rancho das Vertentes e dois dos principais produtores de queijo de ovelhas, que são o Sabores da Ovelha e Fazenda da Ovelha”.

Estão previstas quatro oficinas gratuitas, sendo a primeira de harmonização com café, ministrada pela Academia do Café, outra de harmonização de queijo com cerveja, com a jornalista e sommelier Fabiana Arreguy, uma terceira de afinação e maturação, com João Belo, produtor mineiro, e a quarta sobre utilização na confeitaria, com a chef Mariana Correa

FESTA DO QUEIJO
Domingo (8), a partir das 10h. Avenida Getúlio Vargas, entre Rua Rio Grande do Norte e Rua Paraíba, Savassi. Entrada franca.


Publicidade