Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Publicidade

Estado de Minas

Festival Bar em Bar convida todo mundo a 'devorar' BH

Vinte casas criaram pratos dedicados a cartões-postais da cidade. Agosto serve Blá blá blá, homenagem à Praça da Liberdade. No Botequim da Sapucaí tem Pic nic no zoo e Mineirinho virou abóbora no Engenho do Dedé


postado em 15/11/2019 04:00 / atualizado em 13/11/2019 19:19

Botequim Sapucaí criou o Picnic no zoo, com direito a toalha xadrez (foto: Nina Fernandes/divulgação)
Botequim Sapucaí criou o Picnic no zoo, com direito a toalha xadrez (foto: Nina Fernandes/divulgação)

Extraoficialmente, o título de “capital dos bares” já era conquista de longa data de Belo Horizonte. No fim de outubro, veio o reconhecimento oficial da Unesco, que deu à capital mineira a credencial de Cidade Criativa na Gastronomia, compartilhada por apenas outras 21 localidades no mundo, a exemplo de Parma, na Itália. No embalo desse sucesso, a 13ª edição do Festival Bar em Bar conecta os principais pontos turísticos de BH com sua tão celebrada culinária.

Até 24 de novembro, 20 estabelecimentos oferecem iguarias inéditas, criadas especialmente para homenagear 20 pontos emblemáticos da cidade. A maior parte dos ingredientes já é íntima dos apreciadores da gastronomia boêmia local, mas a apresentação reserva surpresas. É o caso do Agosto Butiquim, no Prado, que oferece o Blá blá blá na praça, picadinho de língua de boi inspirado na Praça da Liberdade.

“Partimos da ideia da praça como lugar onde trocamos ideias, fazemos piquenique e ocupamos o espaço público. Escolhemos a língua de boi por ela ser muito comum nos botequins de Minas. No Agosto, ela é preparada com bacon e molho à base de cerveja IPA para valorizar a bebida como parte da gastronomia mineira. Para acompanhar, discos de massa de pastel fritos. Tudo servido sobre o paninho que lembra piquenique”, explica Joana de Castro Machado, responsável pela cozinha do Agosto. O prato, que custa R$ 36,90, serve duas pessoas.

Joana destaca a capacidade do festival em promover as casas participantes junto a quem não frequenta bares com assiduidade ou mora em outras regiões de BH. “Isso renova e valoriza nossa gastronomia”, diz. A edição deste ano contempla 18 bairros de diferentes regionais da capital.

No Santo Agostinho, o Fürst Tap Room usou a criatividade para homenagear as raízes da culinária mineira, inspirado no Museu Casa Kubitschek, na Pampulha. Beirada do brejo traz pernil suíno em cama de musseline de baroa na essência de queijo meia cura do Serro. Tudo acompanhado por lâminas de couve, ervas e chutney de pimenta-biquinho. Custa R$ 32 e serve duas pessoas.

Pedro Henrique Oliveira, um dos sócios do Fürst, conta que o conceito do prato remete ao próprio Juscelino Kubitschek. “Era um homem que gostava de farra, de reuniões e de comer bem em volta da mesa com os amigos. JK morou na beirada da lagoa, que era um brejo. Daí o porco, o queijo e a couve, bem mineiros”, explica.

Oliveira diz que é costume da cervejaria valorizar ingredientes típicos. “Modificamos o cardápio todos os meses, mas mantemos essa característica. Aqui não há picanha. Privilegiamos costela de porco, rabada, coentro e ingredientes mineiros. O festival casa muito bem com isso”, afirma.

Fürst Tap Room homenageia JK com pernil suíno e musseline de baroa(foto: Nina Fernandes/divulgação)
Fürst Tap Room homenageia JK com pernil suíno e musseline de baroa (foto: Nina Fernandes/divulgação)


MUSEU

Outros antigos conhecidos do paladar butequeiro de Minas participam do festival. No Bar Ideal, na Savassi, o torresmo de barriga em rolo é a estrela principal, homenagem ao Museu de Arte da Pampulha. No Academia Grill, no Bairro São José, a costela de boi é o destaque do prato relacionado ao Viaduto Santa Tereza.

Apesar de itens tradicionais, também há espaço para inovação. É o caso do Curin Bar, no Santa Mônica, que criou o Embutido de solanáceas em referência à Igreja São Francisco de Assis, a famosa “Igrejinha da Pampulha”. Com berinjela, lombo e pimenta-biquinho, é servido com farofa agridoce de maracujá e geleia de gengibre picante.

Os preços dos pratos do festival variam de R$ 12,50 a R$ 39,90, servindo pelo menos duas pessoas. Ricardo Rodrigues, presidente da seção mineira da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel-MG), destaca a importância do evento ao movimentar as casas e estimular a criatividade nas cozinhas belo-horizontinas. “O Bar em Bar não é concurso, mas um festival. Fomos muito felizes ao adotar o tema BH, que coincidiu com o reconhecimento da Unesco. Também revisitamos pontos turísticos da capital, oferecendo um link gastronômico para as décadas de 1930 e 1940”, conclui.

Mineirinho virou abóbora no Engenho do Dedé(foto: Nina Fernandes/divulgação)
Mineirinho virou abóbora no Engenho do Dedé (foto: Nina Fernandes/divulgação)

13º FESTIVAL BAR EM BAR

» Academia Grill
Rua Coronel Dias Bicalho, 899, São José, (31) 3653-5593
. Costela do viaduto (Viaduto Santa Tereza). Costela bovina de angus assada no bafo com mandioca gratinada, molho branco, bacon e muçarela. R$ 35,90.

» Agosto Butiquim
Rua Esmeralda, 298, Prado, (31) 3337-6825
. Blá blá blá na praça (Praça da Liberdade). Picadinho de língua com bacon à moda cervejeira, discos crocantes e brotos da horta. R$ 36,90.

» Amarelim Prudente
Av. Prudente de Moraes, 920, Coração de Jesus, (31) 3344-8553
. Bolinho com arte (Palácio das Artes). Bolinho de linguiça com sour de limão-capeta e barbecue de goiabada. R$ 9,90.

» Assacabrasa
Rua Gonçalves Dias, 1.508, Lourdes, (31) 3226-2187
. Costelinha assanhada (Mineirão). Costelinha suína defumada com molho barbecue e fritas. R$ 37,90.

» Bar Ideal
Rua Sergipe, 1.187, Savassi, (31) 3889-1187
. Torresmo de rolo (Museu de Arte Moderna da Pampulha). Torresmo de barriga pururucado com mandioca. R$ 39,60.

» Barção Moreira
Rua Mombaça, 493, São Gabriel, (31) 3493-2078
. Santidade (Praça do Papa). Creme de aipim com bacon, quatro queijos e couve crispy. R$ 29,90.

» Boi Vitório
Av. Afonso Pena, 4.374, Cruzeiro, (31) 3223-2222.
. French rack com tartar de banana (Museu Abílio Barreto). Tartar de banana-da-terra e french rack suíno. R$ 39,90.

» Boivindo
Av. Petrolina, 875, Sagrada Família, (31) 2512-8080.
. Sonhando com o trem! (Estação Ferroviária). Franguinho crocante, torresmo pururuca, quiabo e queijo canastra. R$ 35,90.

» Botequim Sapucaí
Rua Sapucaí, 523, Floresta, (31) 2516-8801
. Picnic no zoo (Zoológico). Dadinhos de tapioca com geleia picante de abacaxi, pururuca vegetariana e barbecue 
caseiro. R$ 25,90.

» Chef Tulio International Butiquim
Praça Estevão Lunardi, 60, Horto, (31) 3481-7724
. Filé 1930 (Casa do Baile). Iscas de filé-mignon refogadas em manteiga e tempero com salteado de cebola branca, tiras de presunto e batata palha. R$ 39,90.

» Chico do Peixe
Av. Joaquim Clemente, 320, Floramar, (31) 3435-8026
. Que Belo Horizonte! (Mirante Mangabeiras). Iscas de tilápia, musseline com queijo canastra, molho de goiabada e geleia de maracujá. R$ 25.

» Curin Bar
Rua dos Astecas, 2.722, Santa Mônica, (31) 2528-1313
. Embutido de solanáceas (Igreja São Francisco de Assis). Berinjela, lombo e pimenta-biquinho, com farofa de maracujá e geleia de gengibre. R$ 25.

» Engenho do Dedé
. Av. Presidente Carlos Luz, 3.001, Caiçara (Shopping Del Rey), (31) 3654-5488
. Camarão amazônico (Mineirinho). Moranga recheada com camarões, alho, tucupi, jambu e dadinhos de tapioca. R$ 39,90.

» Fábrica da Costela Steakhouse
Av. Aggeo Pio Sobrinho, 141, loja 1, Buritis, (31) 3347-3002
. Curral del-Rei e seus sabores (Catedral Nossa Senhora da Boa Viagem). Torresmo à pururuca temperado na cachaça, arroz branco, queijo de minas e costela de porco com barbecue de goiabada. R$ 35,90.

» Frat Melt House
Rua Paraíba, 845, Funcionários, (31) 99119-7061
. Melt balls (Arena Independência). Bolinhas de blend angus com fusões de queijo cheddar ou 
parmesão. R$ 18.

» Fürst Tap Room
Rua Bernardo Guimarães, 2.612, Santo Agostinho, (31) 3337-7094
. Beirada do brejo! (Casa Kubitschek). Pernil suíno, musseline de baroa e essência do queijo meia cura do Serro. R$ 32.

» Paracone
Av. Brasil, 920, Funcionários, (31) 3247-2311
. Matula mineira (Mercado Municipal). Pastéis empanados no queijo recheados com fígado acebolado com jiló, shot de cachaça com abacaxi e geleia de pimentas. R$ 23.

» Pop & Kid
Rua Rio de Janeiro, 661, Centro, (31) 3271-4892
. Pastel municipal (Parque Municipal). Pastéis de queijo de minas, presunto e orégano. R$ 12,50.

» Tip Top
Rua Rio de Janeiro, 1.770, Centro, (31) 3275-1880
. Trupico Dona Paula (Memorial Minas Gerais). Combinação de frios e conservas da casa. R$ 29.

» Verdinho
Av. Cônsul Antônio Cadar, 122, São Bento, (31) 3293-4097
. Batata à moda Praça da Savassi. Batata recheada de estrogonofe de frango coberta com queijo 
parmesão. R$ 23.


Publicidade