Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Hélio Flanders, da banda Vanguart, homenageia Walt Whitman em BH

No fim de semana, cantor e compositor mato-grossense faz 'show-leitura' na Casa Híbrido, na Floresta, e participa de sarau no Museu de Arte da Pampulha


postado em 12/07/2019 04:05

Hélio Flanders tem dois compromissos em Belo Horizonte(foto: Daryan Dornelles/divulgação)
Hélio Flanders tem dois compromissos em Belo Horizonte (foto: Daryan Dornelles/divulgação)
 
Walt Whitman (1819-1892) tinha 36 anos quando publicou sua obra-prima, Folhas de relva. Na edição original, estavam 12 poemas. Ao longo da vida, ele revisou Folhas de relva obsessivamente – o livro teve cinco versões em oito edições. A última com 389 poemas.

O bicentenário de nascimento do poeta americano motivou Hélio Flanders, vocalista da banda mato-grossense Vanguart, a criar um show-leitura. Hélio Flanders & As folhas de relva será realizado neste sábado (13), na Casa Híbrido, em BH. Ele lê poemas de Whitman misturados a suas próprias canções e a outras do Vanguart.

Aliás, a banda Vanguart acaba de lançar disco com 16 versões de músicas de Bob Dylan. Whitman é referência forte na obra do compositor americano. No domingo, Flanders é um dos convidados do 12º Sarau Libertário, no Museu de Arte da Pampulha, que começa às 10h, com entrada franca. Participarão também o cantor e compositor Octávio Cardozzo, a Cia. Teatral Quatroloscinco e o coletivo No Caminho do Bem.

HÉLIO FLANDERS & AS FOLHAS DE RELVA
Neste sábado (13), às 19h. Casa Híbrido, Rua Aquiles Lobo, 79, Floresta. Ingressos a partir de R$ 15. Informações no site Sympla













Publicidade