Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Todos os ritmos

BH vai se despedir de 2018 ao som de pagode, funk, sertanejo e pop


postado em 07/12/2018 05:06

Dilsinho vai se apresentar no Iate Tênis Clube (foto: Washington Possato/divulgação)
Dilsinho vai se apresentar no Iate Tênis Clube (foto: Washington Possato/divulgação)


Dezembro chegou. E com ele vem a tradicional pergunta de fim de ano: onde você vai passar o réveillon? Em BH, a virada terá eventos embalados por destaques do sertanejo, pop, pagode e do funk, entre outros ritmos.

A festa mais democrática da cidade é a tradicional queima de fogos na Pampulha. Promovida pela TV Alterosa e Estado de Minas, é realizada desde 1990. Em 31 de dezembro, já é de lei: as pessoas se reúnem na orla da lagoa para curtir a profusão de cores no céu, com muitos efeitos pirotécnicos.

BATIDÃO

A agenda musical desta virada terá o sertanejo de Zé Neto & Cristiano, o pagode de Dilsinho, o pop da banda Mary Pops e batidão funkeiro a cargo bloco carnavalesco Funk You.

Diferentemente do que foi informado na última edição do Divirta-se, o réveillon do Iate Clube, na Pampulha, será animado por Dilsinho. Nome de destaque da nova geração do pagode, ele vai apresentar o repertório do DVD Terra do nunca.

“Tenho carinho especial por Minas, onde o pagode é muito valorizado e sei que sou ouvido. Quando surge um convite, é muito difícil recusar”, conta ele. O repertório de Dilsinho flerta com funk, sertanejo e axé. “Essa mistura de ritmos é o Brasil. Fico muito feliz em poder abraçar a diversidade”, diz o cantor, referindo-se a suas parcerias com Ivete Sangalo, Luan Santana e Kevinho. O Iate receberá também os novos queridinhos da música sertaneja: a dupla Zé Neto & Cristiano. O repertório traz as canções do DVD Esquece o mundo lá fora.

Do outro lado da cidade, no Olhos D’Água, o Réveillon Viva 2019 terá hits do funk – em ritmo de folia – apresentados pelo bloco Funk You. Outras atrações serão o sertanejo de Bernardo Souza e o pop da banda Cash, além do house e do hip-hop do DJ Junio Assisi.

“Fizemos a seleção das melhores músicas de nosso desfile de carnaval. Além de clássicos do funk, como Bonde do Tigrão, cantamos um pouco do repertório de Anitta e Ludmilla e também de Léo Santana, Kevinho e Dennis DJ”, diz Lucas Morais, produtor do Funk You.

O Réveillon Garden, no terraço do Ponteio, terá a banda Mary Pops como uma das atrações. O baixista Lucas Moraes promete releituras de Spice Girls, Vanessa Carlton, Katy Perry, Lulu Santos, Skank, Paralamas do Sucesso e Iza. Também subirão ao palco a banda Cash e os DJs Valber e Rodolfo Brito.

Em “clima família”, o Restaurante Topo do Mundo oferece um charme a mais: a bela vista da Grande BH. “Dá pra ver quase a cidade toda”, diz Ludmila Tamietti, proprietária da casa. Com música a cargo de Sandiego e banda, o evento será restrito a 180 pessoas. “É uma festa boa, mais tranquila, sobretudo para a família e casais”, promete ela.

Francelle Marzano e Carolina Cassese


Dezembro chegou. E com ele vem a tradicional pergunta de fim de ano: onde você vai passar o réveillon? Em BH, a virada terá eventos embalados por destaques do sertanejo, pop, pagode e do funk, entre outros ritmos.

A festa mais democrática da cidade é a tradicional queima de fogos na Pampulha. Promovida pela TV Alterosa e Estado de Minas, é realizada desde 1990. Em 31 de dezembro, já é de lei: as pessoas se reúnem na orla da lagoa para curtir a profusão de cores no céu, com muitos efeitos pirotécnicos.

BATIDÃO

A agenda musical desta virada terá o sertanejo de Zé Neto & Cristiano, o pagode de Dilsinho, o pop da banda Mary Pops e batidão funkeiro a cargo bloco carnavalesco Funk You.

Diferentemente do que foi informado na última edição do Divirta-se, o réveillon do Iate Clube, na Pampulha, será animado por Dilsinho. Nome de destaque da nova geração do pagode, ele vai apresentar o repertório do DVD Terra do nunca.

“Tenho carinho especial por Minas, onde o pagode é muito valorizado e sei que sou ouvido. Quando surge um convite, é muito difícil recusar”, conta ele. O repertório de Dilsinho flerta com funk, sertanejo e axé. “Essa mistura de ritmos é o Brasil. Fico muito feliz em poder abraçar a diversidade”, diz o cantor, referindo-se a suas parcerias com Ivete Sangalo, Luan Santana e Kevinho. O Iate receberá também os novos queridinhos da música sertaneja: a dupla Zé Neto & Cristiano. O repertório traz as canções do DVD Esquece o mundo lá fora.

Do outro lado da cidade, no Olhos D’Água, o Réveillon Viva 2019 terá hits do funk – em ritmo de folia – apresentados pelo bloco Funk You. Outras atrações serão o sertanejo de Bernardo Souza e o pop da banda Cash, além do house e do hip-hop do DJ Junio Assisi.

“Fizemos a seleção das melhores músicas de nosso desfile de carnaval. Além de clássicos do funk, como Bonde do Tigrão, cantamos um pouco do repertório de Anitta e Ludmilla e também de Léo Santana, Kevinho e Dennis DJ”, diz Lucas Morais, produtor do Funk You.

O Réveillon Garden, no terraço do Ponteio, terá a banda Mary Pops como uma das atrações. O baixista Lucas Moraes promete releituras de Spice Girls, Vanessa Carlton, Katy Perry, Lulu Santos, Skank, Paralamas do Sucesso e Iza. Também subirão ao palco a banda Cash e os DJs Valber e Rodolfo Brito.

Em “clima família”, o Restaurante Topo do Mundo oferece um charme a mais: a bela vista da Grande BH. “Dá pra ver quase a cidade toda”, diz Ludmila Tamietti, proprietária da casa. Com música a cargo de Sandiego e banda, o evento será restrito a 180 pessoas. “É uma festa boa, mais tranquila, sobretudo para a família e casais”, promete ela.


Publicidade