Conteúdo para Assinantes

Continue lendo ilimitado o conteúdo para assinantes do Estado de Minas Digital no seu computador e smartphone.

price

Estado de Minas Digital

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas digital por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Vale a pena experimentar

Umbigo de banana, maria-gondó, capuchinha e ora-pro-nóbis e taioba são as estrelas do Festival Bar em Bar, que começa no sábado


postado em 09/11/2018 05:05

"Metida a besta", linguiça do Bar da Neca vem com creme de taioba (foto: Abrasel-MG/divulgação)


Em sua 12ª edição, o Festival Bar em Bar convidou chefs de 35 estabelecimentos mineiros para criar pratos a partir das Plantas Alimentícias Não Convencionais (Panc). A sigla engloba verduras que crescem de forma espontânea, além de partes dos vegetais cultivados que, apesar de comestíveis, costumam ser descartadas ou pouco consumidas.


Na Grande BH, as receitas poderão ser conferidas em 27 bares e restaurantes, até 7 de dezembro. O público dará notas e a melhor criação será eleita ao final do festival.


Os participantes contaram com o auxílio do chef Michel Abras, especialista em Panc. Para ele, o festival pode contribuir para a popularização dessas plantas. “Elas sempre fizeram parte da nossa alimentação, mas, em certo momento, foram negligenciadas. Com a busca crescente por dietas saudáveis, têm retornado de forma discreta, embora ascendente. Algumas já se incorporaram ao cardápio de bons restaurantes e estão presentes até na gastronomia que se vê na mídia, em programas de culinária”, afirma Abras.


O consultor definiu as Panc do festival. “Busquei sugerir aquelas mais utilizadas em Minas. Mesmo por aqui, elas são consideradas não convencionais, pois não são encontradas facilmente em feiras e supermercados. Quem usa esses ingredientes costuma recorrer a quintais alternativos”, aponta Abras.


Ora-pro-nóbis, ícone da culinária mineira, está presente em boa parte das criações do festival. No Índio Restaurante e Pizzaria, no Bairro Floramar, o prato Índio mineirin reúne almôndegas recheadas com queijo e essa verdura ao molho de flor de ipê (R$ 36, para três pessoas). Já o Casa Cheia, na Savassi, oferece o Porconóbis de sabugosa – a Panc chega à mesa com costela suína, linguiça calabresa e milho verde cozido (R$ 28, individual).


Clássico da cozinha caipira, a taioba também marca presença. No Agosto Butiquim, no Bairro do Prado, o Uai goulash reúne cubos de acém cozidos na cerveja preta e páprica doce acompanhados de salsa fresca de taioba com pimenta-rosa e ervas frescas (R$ 36,90, para duas pessoas).
Já o Bar Ideal, no Bairro Nova Cintra, aposta no chorizo grelhado com arroz de taioba e vinagrete em três sabores – azedinha, ora-pro-nóbis e tomate seco (R$ 36,90, para duas pessoas).

SEM CARNE Quem não come carne também estará servido no Bar em Bar. O Boivindo, no Bairro Sagrada Família, prepara bolinhos de umbigo de banana, petisco guarnecido com molho de jabuticaba e zestes de laranja (R$ 29,90, para duas pessoas). O Botequim Sapucaí, no Bairro Floresta, criou o Panc do viaduto: guacamole de capuchinha (de sabor picante) com maionese vegana de azedinha (de sabor ácido), lâminas de batata-doce e almôndegas de berinjela (R$ 32,90, para três pessoas).


O Boi Vitório, no Cruzeiro, apostou no broto de samambaia cozido com costelinha defumada acompanhado de polenta frita com capuchinha (R$ 29,90, para três pessoas). Já no Bar da Neca, no Carmo, a linguiça de pernil é “metida a besta”: vem recheada com queijo coalho, acompanhada de creme de taioba na manteiga de garrafa e cestinha de pão fresco (R$ 36,90, para duas pessoas).

COZINHA SHOW No sábado (10), durante a festa de lançamento do Bar em Bar, o chef Michel Abras vai preparar uma paella com 15 plantas comestíveis e pouco utilizadas, como capuchinha, maria-gondó, caruru, azedinha e chuchu-de-vento. O baru, fruto do cerrado que ganhou fama, também faz parte da receita.


O chef diz que o festival dá ao público a possibilidade de degustar e aprender técnicas para a utilização dessas iguarias. Por serem pouco conhecidas, há o falacioso entendimento de que as Panc são nocivas à saúde.


Porém, o chef adverte: “É preciso estar sempre atento e pesquisando a comestibilidade dessas plantas. As Panc não podem ser consumidas da mesma forma. No caso da capuchinha, por exemplo, pode-se ingerir a flor, a semente e o talo. Do cará-moela, come-se só a batata, mas não a folha. Outras necessitam passar obrigatoriamente pelo processo de calor. É o caso da taioba, que não deve ser consumida crua”, esclarece.

FESTIVAL BAR EM BAR

Até 7 de dezembro. Festa de lançamento
no sábado (10), das 12h às 21h, no entorno do
Museu Histórico Abílio Barreto. Av. Prudente
de Morais, 202, Cidade Jardim.
 Entrada franca, mediante doação de
 1kg de alimento não perecível.
Os ingressos são limitados e devem
ser retirados no site socerva.com.br/barembar.

 

PARTICIPANTES DA GRANDE BH

Academia da Carne (Rua Francisco Bicalho, 2.200, Caiçara); Agosto Butiquim (Rua Esmeralda, 298, Prado); Alcici Cozinha Árabe (Rua Guilherme Leite, 210, Caiçara); Bar da Neca (Rua Pium-í, 690, Carmo); Barção Moreira (Rua Mombaça, 493, São Gabriel); Bar Ideal (Rua Santarém, 675, Nova Cintra); Boi Vitório (Av. Afonso Pena, 4.374, Cruzeiro); Boivindo Steakhouse (Av. Petrolina, 875, Sagrada Família); Botequim Sapucaí (Rua Sapucaí, 523, Floresta); Casa Cheia (Rua Cláudio Manoel, 784, Savassi); Celeiro de Minas (Av. Sinfrônio Brochado, 1.210, Barreiro); Chef Túlio Internacional Butiquim (Praça Estêvão Lunarde, 60, Horto); Cafeteria da Fazenda (Rua Montes Claros, 752, Anchieta); Cuca Libre Pizzas e Cervejas (Av. Aggeo Pio Sobrinho, 450, Buritis); Curin Bar (Rua dos Astecas, 2.272, Santa Mônica); Frat Melt House (Rua Paraíba, 845, Funcionários); Fábrica da Costela (Av. Aggeo Pio Sobrinho, 141, Buritis); Hay Salsa (Rua Paraíba, 1.497, Savassi); Índio Restaurante e Pizzaria (Rua Olívia Maria de Jesus, 1.757, Floramar); Köbes Bar (Rua Professor Raimundo Nonato, 31 A, Horto); Marina’s Bar (Rua José Baroni, 13, Paraíso); Seu Romão (Rua São Romão, 192, São Pedro); Sport Bar (Av. dos Andradas, 3.700, Pompeia); Takos Mexican Gastro Bar (Rua Antônio de Albuquerque, 448, Savassi); Tudo na Brasa (Av. dos Engenheiros, 1.104, Castelo); Verdinho (Av. Antônio Cadar, 122, São Bento); Cozinha de Quintal (Rua Francisco dos Santos, 50, Brumadinho).


Publicidade