Publicidade

Estado de Minas

BH vai se entregar ao rock and roll neste final de semana

Agenda tem Odair José, Orquestra Mineira de Rock, Renato e Seus Blue Caps, tributo ao Queen e até Beatles para crianças


postado em 02/08/2019 04:07

Orquestra Mineira de Rock, que faz homenagem aos Beatles, fará show extra no domingo(foto: Guilherme Castro/divulgação)
Orquestra Mineira de Rock, que faz homenagem aos Beatles, fará show extra no domingo (foto: Guilherme Castro/divulgação)
 
Fim de semana de rock, bebê. Até domingo, Belo Horizonte será tomada pelos mais variados estilos do gênero musical que nasceu nos Estados Unidos nos anos 1940. De clássicos dos Beatles ao Queen, com espaço para os brasileiros Odair José e Renato & Seus Blue Caps.

Depois da passagem relâmpago pela Virada Cultural de BH como convidado especial de Veronez, Odair está de volta à cidade, desta vez n’Autêntica, onde se apresenta no sábado (3).

"Você não tem ideia de como gosto de BH, de tocar aí. Foi muito bacana a participação na Virada. Agora vou com a minha banda, levo o show completo. Vamos tocar na íntegra meu novo disco n'Autêntica, onde já estive e é bem bacana. Estou muito feliz”, afirma o cantor e compositor.

Lançado em abril, o disco Hibernar na casa das moças ouvindo rádio é um "grito pela desobediência", como o artista goiano gosta de dizer. O álbum fecha a trilogia roqueira iniciada com Dia 16 (2015) e Gatos e ratos (2016).
Odair é fã de rock, mas não se considera exatamente um roqueiro. "Sou a mistura de um monte de coisas. Sempre gostei de tocar guitarra. E sempre gostei mais de músicos do que de intérpretes. O rock pode ser visto de várias formas – no conceito, na postura –, não apenas na batida de baixo, guitarra e bateria. Tem coisa mais rock'n'roll do que cantar Eu vou tirar uma prostituta deste lugar?", questiona.

De acordo com ele, o novo trabalho, o 37º de sua carreira, é o disco que mais lhe deu satisfação. "Isso é raro de acontecer. Sempre tem uma coisinha ou outra para ajustar. Mesmo O filho de José e Maria, álbum supercultuado, não acho que saiu tão legal... Gostei de tudo do Hibernar: repertório, arranjos, a história que ele conta, a capa. Inclusive, vai virar vinil", avisa.

CONCEITO Além das 11 faixas do novo disco, Odair promete repertório com clássicos do seu cancioneiro – entre eles Eu vou tirar você desse lugar e Esta noite você vai ter que ser minha. "Vou cantar o que tem a ver com o conceito do show. Não faz sentido colocar Pare de tomar a pílula. Mas se insistirem muito, a gente dá um jeitinho”, admite, aos risos.

Ele chega a BH com Caio Mancini (bateria), Marcos Bispo (teclado e contrabaixo), Júnior Freitas (teclado, guitarra e contrabaixo) e Dija (baixo e guitarra), que o acompanham há anos. "Na vida, a gente tem de buscar energia para fazer o que gosta e se divertir. É o que está acontecendo comigo. Quero levar coisas boas e harmonia para as pessoas. O brasileiro é um povo alegre e está precisando disso", afirma Odair.

A abertura da noite ficará por conta de Marcelo Callado, baterista da banda Do Amor, que vai lançar o disco Caduco (Rock It!), seu terceiro trabalho de estúdio, em show “voz e guitarra”. Callado tocou na Banda Cê, a parceira roqueira de Caetano Veloso. Também acompanhou Jorge Mautner e Alice Caymmi, entre outros.

Da Jovem Guardaao Queen cover

Ícone da Jovem Guarda, a banda Renato e Seus Blue Caps será a atração desta sexta-feira (2), no Palácio das Artes. Formado por Renato Barros (guitarrista e cantor), Cid Chaves (cantor), Gelsinho Moraes (baterista), Darci Velasco (tecladista) e Bruno Sanson (baixista), o grupo apresenta promete sucessos como Menina linda, Feche os olhos, Não te esquecerei, Primeira lágrima e Meu Primeiro amor.

Esta noite, eventos roqueiros também vão agitar o Cine Theatro Brasil Vallourec. Às 19h, sobe ao palco o grupo Snakebite, formado por músicos de BH admiradores da banda inglesa Whitesnake.

Em seguida, às 21h, no embalo do sucesso do filme Bohemian rhapsody, Lucas Viana (guitarra), Mizinho Carvalho (teclado), Yara Oliveira (bateria), Vitor Giovannitti (guitarra), Wallace Queiroz (baixo) e Elvis Balbo (vocal) apresentam sucessos de Freddie Mercury e da banda Queen.

Beatles para sempre
 
A Orquestra Mineira de Rock precisou abrir show extra para atender os fãs. Em 15 dias acabaram os ingressos para a apresentação de domingo (4), às 19h, no Grande Teatro do Palácio das Artes. A nova sessão começa às 21h30. O repertório terá apenas canções dos Beatles.

"BH é cidade com tradição roqueira. Tem 14 Bis, Sagrado Coração da Terra, o próprio Sepultura. Depois vieram Skank e Jota Quest. Ela sempre contemplou todos os estilos, do metal ao pop. Beatles, claro, sempre estiveram entre as preferências dos belo-horizontinos", destaca o guitarrista Guilherme Castro.

Há 20 anos, integrantes dos grupos Somba, Cartoon e Cálix decidiram tocar informalmente numa festa. A jam session deu tão certo que o projeto cresceu. A brincadeira coletiva foi batizada como Orquestra Mineira de Rock. Além de Castro, o grupo reúne Renato Savassi, Sânzio Brandão, Marcelo Cioglia, Rufino Silvério, André Godoy, Khadhu Capanema, Khykho Garcia, Raphael Rocha, Bhydhu Capanema, Avelar Jr., Léo Dias e André Mola.

De acordo com Guilherme, a diversidade da obra dos Beatles foi um complicador na hora de montar o repertório. "Fizemos umas quatro reuniões, fora as conversas pelo WhatsApp. Tivemos que contrabalançar o gosto pessoal com o DNA da orquestra e também agradar ao público, que quer ouvir hits. Mas conseguimos o equilíbrio. Fechamos em 21 músicas, tudo com novas roupagens e arranjos especiais."

Não só os adultos poderão curtir o som de John, Paul, George e Ringo. Beatles para crianças: o musical é atração do Cine Theatro Brasil Vallourec, no sábado (3) e domingo (4) à tarde. Fabio Freire e Gabriel Manetti, educadores e idealizadores do projeto, executam com banda clássicos do quarteto de Liverpool. A pegada é atual, com direito a ukulele, bandolim, tambor-de-língua e kazoo. Detalhe: ao final, a garotada recebe o certificado “Meu Primeiro Show de Rock”.

PROGRAMAÇÃO
 
BEATLES PARA CRIANÇAS: O MUSICAL
Cine Theatro Brasil Vallourec. Praça Sete, Centro, (31) 3201-5211. Sábado (3) e domingo (4), às 15h. Plateia 1: R$ 80 (inteira) e R$ 40 (meia). Plateia 2: R$ 60 (inteira) e R$ 30 (meia).

ODAIR JOSÉ E MARCELO CALLADO
A Autêntica. Rua Alagoas, 1.172, Savassi, (31) 3654-9251. Sábado (3), às 22h. Lançamento dos álbuns Hibernar na casa das moças ouvindo rádio e Caduco. R$ 80 (inteira) e R$ 40 (meia). Vendas pelo site Sympla.

ORQUESTRA MINEIRA DE ROCK
Grande Teatro do Palácio das Artes. Av. Afonso Pena, 1.537, Centro, (31) 3236-7400. Domingo (4), às 19h (ingressos esgotados) e às 21h30. Inteira: R$ 60 (plateia 1), R$ 50 (plateia 2) e R$ 40 (balcão). Meia-entrada na forma da lei. Informações: www.ingressorapido.com.br.

QUEEN REVIVAL
Cine Theatro Brasil Vallourec. Praça Sete, Centro, (31) 3201-5211. Sexta (2), às 21h. Tributo à banda Queen. R$ 80 (inteira) e R$ 40 (meia). 
À venda no site Eventim.

RENATO E SEUS BLUE CAPS
Grande Teatro do Palácio das Artes. Av. Afonso Pena, 1.537, Centro, (31) 3236-7400. Sexta (2), às 21h. Inteira: R$ 80 (plateia 1), R$ 70 (plateia 2) e R$ 60 (balcão). Meia-entrada na forma da lei. Informações: www.ingressorapido.com.br.

SNAKEBITE
Cine Theatro Brasil Vallourec. Praça Sete, Centro, (31) 3201-5211. Sexta (2), às 19h. Tributo à banda Whitesnake. R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia).

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade