UAI
Publicidade

Estado de Minas PARA MASHA SEREBRYAKOVA

Tulio Araujo Quarteto grava clássico de jazz em homenagem a amiga morta

Single-clipe "In a sentimental mood", de Duke Ellington, celebra Masha Serebryakova, violinista ucraniana que morreu em acidente de bicicleta em BH


17/01/2022 04:00 - atualizado 17/01/2022 08:29

Sérgio Danilo, Yan Vasconcelos, Tulio Araujo e Evan Megaro disponibilizaram o novo single no YouTube na plataforma Band Camp
Sérgio Danilo, Yan Vasconcelos, Tulio Araujo e Evan Megaro disponibilizaram o novo single no YouTube na plataforma Band Camp (foto: FOTOS: Acervo pessoal)

Homenagem à violinista ucraniana Masha Serebryakova, que morreu em acidente de bicicleta em novembro do ano passado, em Belo Horizonte, o single-clipe “In a sentimental mood” acaba de ser lançado pelo Tulio Araujo Quarteto, disponibilizado no YouTube e na plataforma Band Camp.


Masha fazia parte do quinteto Acerta o Passo, formado por Tulio Araujo (pandeiro), Evan Megaro (piano), Yan Vasconcelos (baixo) e Alef Caetano (flauta). Agora quarteto, o grupo mistura choro com música clássica e se apresenta às quartas-feiras no Café com Letras, na Savassi.

Tulio conta que o arranjo do single foi feito em conjunto, tentando respeitar a visão de Duke Ellington sobre sua composição, embora a maioria das pessoas conheça o arranjo feito pelo saxofonista norte-americano John Coltrane para ela.

“Deixamos mais nas mãos do Evan, que também é norte-americano, é grande pianista e entende muito de jazz. Nesse trabalho coletivo, o foco não foi rearranjar, não quisemos reinventar a roda. Até porque, achamos que hoje muitos têm a mania de mexer demais nos arranjos. Só queríamos tocar e ficou lindo, uma linda homenagem à querida Masha.”

PANDEIRO 


Tulio tocou seu pandeiro de maneira diferente. “Coloquei o pé em um monte de sementes, simulando chimbal. Mas a novidade está no timbre. A pessoa ouve e nem percebe que é o pandeiro que está tocando. Engraçado, brasileiros acreditam que o pandeiro é instrumento do Brasil. Acontece que ele é de origem árabe”, afirma.

Há até o “brazilian pandeiro”, versão difundida no exterior, lembra. No caso do pandeiro contemporâneo de Tulio, a referência é o carioca Marcos Suzano. “Um grande nome, meu mestre e amigo. Se não fosse ele, eu não existiria, porque foi através da ideia dele que levei a profissão à frente”, diz.

Há 10 anos, o músico se dedica ao pandeiro – não apenas como coadjuvante de outros instrumentos. “Tento colocá-lo no universo do jazz. Sempre fiz isso, já tenho cinco discos e um single, esse é o segundo que lanço. Já fiz muitos shows fora, morei em Nova York e São Francisco. Por isso, tenho contato grande com o jazz, a música que toca meu coração.”

Paralelamente ao grupo Acerta o Passo, ele se apresenta com o Tulio Araujo Quarteto, formado também por Sérgio Danilo (sax-tenor), Evan Megaro (piano) e Yan Vasconcelos (baixo acústico). O novo single foi gravado no estúdio Bemol por Ricardo Cheib, mixado e masterizado pelo próprio Tulio.

Lidar com a ausência de Masha Serebryakova é um desafio para os companheiros dela, sobretudo no palco. “Temos ensaiado e feito vários shows”, conta. “Masha tinha história de vida muito bonita. Veio para cá refugiada da Ucrânia. Saiu de lá por causa da guerra entre a Rússia e a Ucrânia. Morava aqui sozinha. Quem teve de cuidar de tudo foi o Yan (Vasconcelos, baixista), que fala russo. Ele avisou à mãe de Masha por skipe, uma loucura”, relembra.

O trabalho foi uma forma de consolo. “Falei: vamos gravar para dar uma exorcizada nesse sentimento. Nada melhor do que fazer arte, fazer música com muito sentimento, ainda mais que a canção se chama ‘In a sentimental mood’”, comenta.

O quarteto pretende lançar um single por mês para depois chegar ao disco cheio. “Não sei se faremos em 10 meses. De repente, faremos cinco ou seis e aí lançamos o álbum. Obviamente, temos trabalhos autorais e não vamos ficar apenas com rearranjos de músicas já existentes. Tenho composições, o Sérgio também, o Evan tem muita coisa pronta”, comenta.

Um dos diferenciais do grupo é o fato de ele ser o único integrante dedicado à música popular. “Alef (Caetano, flautista), inclusive, ganhou um prêmio internacional recentemente e está se tornando um grande expoente da música erudita. Daqui a pouco estará na Orquestra Sinfônica Brasileira”, aposta.
 

ELOGIOS


 Ele diz que adorou o resultado final do single “In a sentimental mood” e da homenagem à amiga ucraniana. “Rosa Passos ouviu, gostou e falou muito bem do single. É muito bom quando vem espontaneamente, ainda mais partindo de uma estrela como ela. Se Rosa Passos gostou, é sinal de que estamos no caminho certo”, afirma, referindo-se à cantora, compositora e violonista baiana.

O percussionista gostou da experiência on-line. “Lançamos no YouTube e na plataforma Band Camp. Quem sobe as músicas é o próprio artista, não tem atravessador, dispensa-se a distribuidora. Você sobe e dá o preço que quiser. E a pessoa, quando compra, o faz e recebe o áudio em alta qualidade. Além disso, é possível oferecer partituras, fotos e ficha técnica”, conclui.
Capa do CD 'IN A SENTIMENTAL MOOD'

“IN A SENTIMENTAL MOOD”
 Tulio Araujo Quarteto
Single-clipe
Disponível no YouTube e Band Camp


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade