Publicidade

Estado de Minas ARTE URBANA

Bolinho começa sua mostra com cor fofa e mensagem 'good vibes'

Grafiteira usou tom de rosa no primeiro dia de pintura a quatro mãos, com Clara Valente. Neste sábado (05/06), ela recebe Nowone como convidado


05/06/2021 04:00 - atualizado 05/06/2021 07:43

Maria Raquel Bolinho e Clara Valente produzem tela conjunta, na quinta passada, na abertura do projeto Mostra de Arte do Bolinho %u2013 BH é quem?(foto: Marcos Vieira/EM/D.A.Press)
Maria Raquel Bolinho e Clara Valente produzem tela conjunta, na quinta passada, na abertura do projeto Mostra de Arte do Bolinho %u2013 BH é quem? (foto: Marcos Vieira/EM/D.A.Press)

Com um trabalho conjunto de Maria Raquel Bolinho e Clara Valente, começou na última quinta-feira (03/06) a mostra Mostra de Arte do Bolinho – BH é quem?, que tem como objetivo mostrar os processos relacionados à criação do carismático personagem Bolinho, grafitado em diversos locais da capital mineira, desde 2009. 

“A Clara tem um trabalho ligado à natureza, com essa coisa da energia. Então, queríamos uma tela good vibes. Ela criou um cenário com luz e coqueiro, que ela usa bastante, e eu coloquei o Bolinho ali, como se ele estivesse tranquilo na areia, tomando um drink”, comenta Maria Raquel.

As duas tinham um esboço prévio do trabalho, mas isso não poupou Maria Raquel do frio na barriga de pintar ao vivo. A ação é transmitida em tempo real pelas redes sociais

Ação ocorre no espaço Spot Culture, com transmissão ao vivo pelo Instagram (foto: Marcos Vieira/EM/D.A.Press)
Ação ocorre no espaço Spot Culture, com transmissão ao vivo pelo Instagram (foto: Marcos Vieira/EM/D.A.Press)
“Estava muito ansiosa por esse primeiro dia da mostra. O trabalho da Clara é bem diferente do meu, mas a gente tem muita sintonia, então foi natural. Tentei usar cores que ela usa e aí fiz um Bolinho com dois tons de rosa. Coisas que eu nunca escolheria normalmente, mas funcionou bem na tela, com essa cor bem clarinha”, comenta. 

Neste sábado (05/06), a programação terá sequência, a partir das 17h, tendo como convidado Nowone, que atua há 10 anos na cena da arte urbana belo-horizontina. 

Além das ruas, personagem Bolinho ganhou diversos outros suportes, como canecas (foto: Marcos Vieira/EM/D.A.Press)
Além das ruas, personagem Bolinho ganhou diversos outros suportes, como canecas (foto: Marcos Vieira/EM/D.A.Press)
Na próxima semana, a programação terá o multiartista Comum, na quinta-feira (10/06). Desde 2004, ele desenvolve trabalhos em diferentes modalidades da arte urbana e das artes plásticas, como grafite, stencil, muralismo, lambe-lambe e gravura. No dia seguinte, Bolinho receberá a artista, grafiteira e ilustradora autodidata Fênix, que prioriza as culturas afro e indígena em seu trabalho.


“Cada artista tem um processo diferente. Cada um vai ser uma descoberta. Na arte urbana não temos uma escola, um livro que ensina como fazer. Cada um faz do seu jeito, então vou ter que ir me adaptando a cada dia”, comenta Maria Raquel Bolinho. 

Mostra de Arte do Bolinho – BH é quem?
Neste sábado (05/06) e da próxima quinta-feira (10/06) a sábado, (12/06), das 17h às 22h, no Instagram @querobolinho. A partir de domingo (13/06), as telas estarão disponíveis no site do projeto.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade