Publicidade

Estado de Minas ARTES CÊNICAS

Comédia dirigida por Ilvio Amaral ironiza a burocracia brasileira

Até domingo, os atores Fernando Veríssimo e Lucas Barbosa vão dividir o palco do Teatro de Câmara do Cine Brasil


27/11/2020 04:00

Fernando Veríssimo e Lucas Barbosa em Como vencer a burocracia sem ter um infarto (foto: Bruno Leonel/divulgação)
Fernando Veríssimo e Lucas Barbosa em Como vencer a burocracia sem ter um infarto (foto: Bruno Leonel/divulgação)

Rir é sempre um bom remédio, ainda mais quando o assunto é algo que gera tantas paixões como a burocracia brasileira. Há quem a defenda e há quem critique, mas o tempo prova que é impossível viver sem ela. Para o personagem Nestor, interpretado pelo ator Fernando Veríssimo, a questão é mesmo de morte – ou a falta dela.

Na peça Como vencer a burocracia sem ter um infarto, que estreia nesta sexta-feira (27), no Teatro de Câmara do Cine Theatro Brasil Vallourec, Nestor tem todos os documentos cancelados por culpa de um erro no cadastro de pessoa física. Sua saga é provar que não está morto, ao contrário do que diz o sistema.

Quando chega à repartição, o responsável por reverter a situação, vivido pelo ator Lucas Barbosa, é um funcionário pouco empenhado em ajudá-lo. O jovem vive preso às engrenagens da burocracia e só pensa no momento de ir para casa.

A ideia de encenar uma peça nasceu da vontade dos dois atores de trabalhar juntos. Na busca por um texto que agradasse a ambos, esbarraram na sugestão de Ilvio Amaral, que assina a direção do espetáculo, criado pelo carioca Ed Vasconcellos.

“O texto chegou até mim por meio do Roberto Frota. Não pude assumir esse projeto, mas o guardei na manga para outra oportunidade. Quando os dois me procuraram, logo pensei nesta peça e eles se apaixonaram”, conta Ilvio.

Os ensaios começaram há um mês e meio. A equipe fez 38 encontros, seguindo os protocolos sanitários. “Foi uma delícia estar na rotina do teatro novamente. Adoro trabalhar com outras gerações, porque elas sempre se mostram dispostas. Os dois são atores muito disciplinados e o Veríssimo dá um show de humor”, conta Ilvio.

Com público reduzido, a peça terá também sessões no sábado (28) e no domingo (29). Para Ilvio, é muito gratificante estrear no momento em que equipamentos culturais estão reabrindo em BH. “Fomos punidos por esse vírus. É uma delícia retornar aos palcos, ainda que neste momento de muita fragilidade, cheio de protocolos e cuidados”, comenta. 

COMO VENCER A BUROCRACIA SEM TER UM INFARTO
Teatro de Câmara do Cine Theatro Brasil Vallourec. Praça Sete, Centro. Sexta-feira (27) e sábado (28), às 20h; domingo (29), às 19h. R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia). Vendas on-line: www.eventim.com.br. Classificação: 12 anos.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade