Publicidade

Estado de Minas MÚSICA

Coral e Kdu dos Anjos se reencontram com a plateia em BH

Neste sábado, os artistas vão se apresentar nos palcos do Centro Cultural Minas Tênis Clube e da Casa Funarte Liberdade


21/11/2020 04:00 - atualizado 21/11/2020 08:34

Coral será a atração deste sábado, no Teatro do Centro Cultural Minas Tênis Clube (foto: I7/DIVULGAÇÃO)
Coral será a atração deste sábado, no Teatro do Centro Cultural Minas Tênis Clube (foto: I7/DIVULGAÇÃO)
Eventos presenciais e híbridos, com público reduzido na plateia e transmissão simultânea on-line, são a aposta na retomada das atividades culturais na capital, depois do decreto da Prefeitura de Belo Horizonte autorizando a reabertura de teatros.

Neste sábado (21), o Centro Cultural Minas Tênis Clube receberá o show de Coral, “cantore e compositore, artista não binárie de gênero fluido”, como ela prefere ser chamada. Com participação do mineiro Sérgio Pererê, o evento marca o reencontro da artista com o público.

“Confesso que estou um pouco preocupada, porque a gente passa por este momento delicado de pandemia. Mas, ao mesmo tempo, é uma necessidade nossa, enquanto artista independente, nos movimentar para conseguir viver” comenta Coral, de 30 anos.

Baiana de Jequié, ela iniciou sua carreira há 15 anos, apresentando-se em bares e teatros. Seu trabalho mescla funk e pop com samba, maracatu, coco, reggae e ijexá. Coral afirma que o show deste sábado “pretende derrubar o velho e subir o novo”, tentando construir algo novo. “Ele dialoga muito com o que a gente está vivendo, não só por conta da pandemia em si, mas por toda a conjuntura política e social de nossa realidade”, observa.

A retomada de shows como o deste sábado é importante por trazer maior retorno financeiro para o artista independente, em comparação a eventos on-line, afirma a baiana.

“Nas lives, eu estava ali disposta a doar o meu trabalho, a minha arte, e as pessoas contribuíam quando podiam. Uma produção pensada, com cachê fechado e pessoas contribuindo para o trabalho da gente de forma justa, é muito mais interessante, desde de que se tenha cuidado”, observa Coral, referindo-se a protocolos sanitários anticoronavírus.

O teatro do Minas Tênis Clube disponibilizará metade dos assentos. O público deve cumprir normas de escalonamento na saída, por fileiras, e usar máscara. Cadeiras sem distanciamento são vendidas para grupos de até quatro pessoas, desde que todos os ingressos sejam adquiridos por uma delas. O show será exibido gratuitamente no canal do Minas Tênis Clube no YouTube.

Coral acredita que as transmissões on-line vieram para ficar, paralelamente aos eventos presenciais. Os dois formatos são complementares, observa. “De agora em diante, vai ser difícil desvincular uma coisa da outra. Enquanto artistas, precisamos entender a live, esse novo formato de diálogo com as pessoas.”
O rapper Kdu dos Anjos vai inaugurar a Casa Funarte (foto: Eliza Guerra/divulgação)
O rapper Kdu dos Anjos vai inaugurar a Casa Funarte (foto: Eliza Guerra/divulgação)

Funarte 
Inaugurada em 9 de novembro, a Casa Funarte Liberdade vai apostar em apresentações exclusivamente presenciais, com agenda voltada para música, teatro, dança e circo. Neste sábado (21), às 17h, o rapper e compositor Kdu dos Anjos abre a programação com o repertório de seu novo álbum, Quanto tempo, hein, Kdu, acompanhado pelo grupo Favelinha Dance.

Aos 29 anos, Kdu é o criador do Centro Cultural Lá da Favelinha, no Aglomerado da Serra, em BH. Seu novo álbum, que aborda o cotidiano das periferias, traz parcerias com Djonga e Hot Apocalypse, expoentes do hip-hop mineiro.

No domingo (22), às 17h, a Casa Funarte receberá integrantes do movimento Salvem as Bandas, criado para preservar essa tradição da cultura popular, sobretudo do interior. Subirão ao palco 12 instrumentistas representantes de várias cidades mineiras, que serão regidos pelo maestro Joanir Oliveira, fundador da Banda Municipal Sarzedense.

CORAL
Neste sábado (21), às 21h. Teatro do Centro Cultural Minas Tênis Clube. Rua da Bahia, 2.244, Lourdes. Ingressos: R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia), à venda no site Eventim e na bilheteria. Transmissão ao vivo e gratuita em youtube.com/minastcoficial.

KDU DOS ANJOS E FAVELINHA DANCE
Neste sábado (21), às 17h. Casa Funarte Liberdade. Av. Bias Fortes, 50, Funcionários. Entrada franca. Amanhã, no mesmo horário, Salvem as Bandas.

*Estagiário sob supervisão da editora-assistente Ângela Faria


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade