Publicidade

Estado de Minas

Última temporada de 'El Chapo' estreia nesta terça (6)

Série mostra a trajetória de um dos maiores narcotraficantes do mundo, que cumpre pena perpétua nos Estados Unidos


06/10/2020 04:00 - atualizado 05/10/2020 21:13

(foto: A&E/DIVULGAÇÃO)
(foto: A&E/DIVULGAÇÃO)

A terceira e última temporada de El Chapo (foto) estreia nesta terça-feira (6), às 22h, no A&E. A série narra a história de um dos maiores traficantes de drogas do planeta, Joaquín “El Chapo” Guzmán – interpretado pelo mexicano Marco de La O (Rambo: Até o fim). Nos novos episódios, a produção relata a fuga cinematográfica da cadeia e a derrocada do chefão do tráfico. Na liderança do cartel de drogas mais poderoso do mundo, El Chapo se acha invencível. Porém, seus ex-aliados do DEA (agência antidrogas dos Estados Unidos) decidem que está na hora de derrubá-lo e, sob pressão, o governo mexicano começa uma caçada que resulta em sua prisão. Mas o narcotraficante consegue escapar em uma fuga cinematográfica. Ciente de que nem a DEA nem o governo iriam perdoá-lo por essa humilhação, ele tem de desaparecer para evitar sua extradição, seu maior medo. Entretanto, é capturado novamente e extraditado para os Estados Unidos, onde cumpre pena perpétua em uma solitária.

FLAGRANTES EM TRIBUNAIS
NOVA SÉRIE

Ainda no A&E a estreia da série Flagrantes das câmeras: Tribunais, nesta terça-feira (6), às 19h40. A nova série revela momentos dramáticos de um tribunal dos Estados Unidos. De explosões assustadoras a juízes furiosos, a produção mostra todos os bastidores de um julgamento. Conduzido por Dan Abrams, apresentador da rede ABC News, a atração também traz entrevistas com juízes, testemunhas e vítimas para contar a verdadeira história do crime.

É TUDO VERDADE
VENCEDORES

(foto: Acervo O Trabalho/DIVULGAÇÃO)
(foto: Acervo O Trabalho/DIVULGAÇÃO)

A política deu o tom na premiação da competição brasileira do 25º Festival Internacional de Documentários É Tudo Verdade, ocorrida na noite de domingo (4). Libelu – Abaixo a ditadura (foto), de Diógenes Muniz, venceu como melhor filme da competição nacional. O júri, integrado por Francisco César Filho, Ignácio de Loyola Brandão e Cristiana Grumbach, atribuiu duas menções – a Segredos do Putumayo, de Aurélio Michiles, e Fico te devendo uma carta sobre o Brasil, de Carol Benjamin, ambos em torno da questão dos direitos humanos no país no período áureo do ciclo da extração da borracha na Amazônia e durante a ditadura militar, respectivamente.

>>>

Na competição internacional, o júri integrado por Jorge Bodanzky premiou Colectiv, de Alecxander Nanau. Um incêndio na boate com esse nome deixou dezenas de mortos e centenas de feridos em Bucareste. O filme é sobre uma organização jornalística independente que investiga o assunto e descobre, para além do horror das vítimas, uma gigantesca fraude no sistema de saúde. A premiação foi remota, transmitida pelo site do festival na noite do último domingo (4). Colectiv e Libelu – Abaixo a ditadura ganham exibições nesta terça-feira (6), às 18h e às 21h, respectivamente. Os links para ver os filmes poderão ser acessados gratuitamente no site do festival (www.etudoverdade.com.br) com limite de visionamento de 1 mil espectadores. A 26ª edição do É Tudo Verdade está prevista para o período de 8 a 18 de abril de 2021.

GABRIEL BRAGA NUNES
NOVO SINGLE

O músico e ator Gabriel Braga Nunes disponibilizou nas plataformas de streaming a terceira faixa do projeto de música autoral que propõe a criação de canções com base nos sonetos de William Shakespeare. Mounted on the wind tem como base o Soneto 51 e é inspirado na música Edelweiss, do musical A noviça rebelde. A composição aborda as emoções de um homem ao encontrar o amor.

THE ORVILLE
SEGUNDA TEMPORADA

(foto: Fox Premium/DIVULGAÇÃO)
(foto: Fox Premium/DIVULGAÇÃO)

A segunda temporada da série de ficção científica The orville estreia nesta terça-feira (6), às 21h25, no Fox Premium 2. O enredo acompanha o dia a dia da tripulação a bordo da nave espacial exploratória de nível médio The U.S.S. Orville. A nova leva de episódios promete, além de aventura, mistério, romance e, como sempre, alguns comentários sociais pungentes. Nos novos episódios, o grupo encontrará alienígenas nunca antes vistos e enfrentará velhos adversários.

BERADEROS
FELICIDADE 

(foto: loiro cunha/DIVULGAÇÃO)
(foto: loiro cunha/DIVULGAÇÃO)

O Beraderos lançou nas plataformas digitais a música Felicidade, que fala sobre saudade e esperança. É o primeiro lançamento do grupo desde que passou a integrar o catálogo da Nascimento Música, selo fundado por Milton Nascimento e gerenciado por Augusto Nascimento. Criada pelos músicos, compositores e atores Ravel Andrade e Danilo Mesquita (foto), responsáveis pelos vocais e violões, a banda é formada ainda por Alexandre Primo Ito, Simon Béchemin, Julio Diniz, Ronaldo Silva e Robertinho Silva.

PEDRO ALEIXO
VIDA E OBRA

A trajetória pessoal e profissional de um dos presidentes brasileiros será tema de palestra na Academia Mineira de Letras. O acadêmico padre José Carlos Brandi Aleixo ministra a conferência “Presidente Pedro Aleixo: vida e obra", a partir de fatos sobre o 16º governante da República do Brasil. O conteúdo será transmitido pelo canal no YouTube da AML, nesta terça-feira (6), às 11h.

LIVES DO DIA

ILAN BRENMAN

“O autor e o universo infantil” é tema de live da Associação Viva e Deixe Viver com o escritor Ilan Brenman, nesta terça (6), às 19h, com transmissão pelo YouTube (associacaoviva) da entidade. Durante o encontro, que será mediado por Valdir Cimino, fundador da Viva e Deixe Viver, Ilan falará sobre literatura e educação infantil. Mestre e doutor em educação pela Universidade de São Paulo (USP), Ilan Brenman é um dos principais escritores de literatura infantil do Brasil, com mais de 60 publicações no currículo.

MARCO PEREIRA

(foto: TARITA DE SOUZA/DIVULGAÇÃO)
(foto: TARITA DE SOUZA/DIVULGAÇÃO)
O violonista, compositor e arranjador Marco Pereira (foto) apresenta O violão e as canções, diretamente de sua casa, no Rio de Janeiro. No repertório, alguns clássicos da música brasileira, entre eles, Eu sei que vou te amar e Chega de saudade, ambas de Tom Jobim (1927-1994) e Vinicius de Moraes (1913-1980); e É doce morrer no mar, de Dorival Caymmi (1914-2008). O músico tem uma trajetória marcada por gravações com Zélia Duncan, Cássia Eller (1962-2001), Gilberto Gil, Gal Costa, Milton Nascimento, Paulinho da Viola e Tom Jobim. A live será transmitida nesta terça (6), às 19h, pelo Instagram (@sescaovivo) e YouTube (@sescsp).


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade