Publicidade

Estado de Minas

Fernanda Cabral faz dueto com Ney Matogrosso em novo single

Canção Pássaro, que tem letra de Chico César, fala da força da natureza e da impermanência das coisas


03/08/2020 04:00 - atualizado 03/08/2020 11:01

Fernanda Cabral e Ney Matogrosso durante a gravação de Pássaro: canção fará parte de álbum homônimo a ser lançado em setembro(foto: André Amaro/divulgação)
Fernanda Cabral e Ney Matogrosso durante a gravação de Pássaro: canção fará parte de álbum homônimo a ser lançado em setembro (foto: André Amaro/divulgação)

"Veio à minha mente a melodia inteira. Estava na Cidade Maravilhosa, sem instrumento, e pensei que Sacha (pianista Sacha Amback) seria pessoa ideal para harmonizar e trazer essa música ao mundo comigo"

Fernanda Cabral, cantora e atriz

Reconhecida por sua forte presença cênica no palco e por uma composição talhada na poesia, Fernanda Cabral lança o single Pássaro. Em dueto com Ney Matogrosso, a cantora e atriz brasiliense é autora da melodia, que tem letra de Chico César e harmonização do pianista Sacha Amback, atual produtor do ex-vocalista do Secos & Molhados. “Vou lançar o álbum homônimo, que terá 12 músicas autorais, em setembro pelo selo Matogrosso Produções”, revela a artista.

Fernanda ressalta a importância da parceria com Ney Matogrosso. “Posso dizer que o encontro foi indescritível. Sacha me apresentou a ele, que aceitou participar comigo do single. Cantar, escutar e estar ao lado dele foi um dos maiores presentes da minha vida, pois Ney sempre foi uma grande inspiração pra mim, tanto como artista quanto pessoa. Ele é magia, mistério, eterno voo que transcende todas as fronteiras do tempo, sua arte é atemporal, única.”

A cantora acredita que sua conexão com a natureza é parte do caminho que vem semeando por meio de sua música e do respeito à vida. “Ney diz que me admira por minha composição, que sou uma força da natureza, pela minha atitude de ir atrás da minha carreira e por minha forma de cantar. Diz também que temos uma ligação íntima com a terra e os elementos da natureza, como o ar de Pássaro.”

A canção foi inspirada no voo de uma águia em Catolé do Rocha, na Paraíba, cidade natal de Chico César, onde Fernanda foi dar um curso de teatro. “Isso foi há cerca de oito anos. Chico foi meu parceiro no meu primeiro disco. Subimos em um monte para conhecermos uma casinha que ele tem no local. Lá de cima a gente vê um vale lindo e a cidade toda. Quando estávamos subindo, uma águia fez um sobrevoo bem próximo a mim.”

Com uma câmera na mão, Fernanda conta que, ao ver a ave passar perto dela, disse baixinho para si mesma: 'Volta que eu quero lhe fotografar'. “Ela deu toda a volta no vale, pousou perto de mim para que eu pudesse fazer a foto. Confesso que fiquei emocionada, porque esse é um animal com o qual sonho muito. É uma ave que tem uma força grande, é especial. Mandei a foto para o Chico, contando como tudo tinha acontecido. Ele me mandou a letra, que ficou guardada certo tempo comigo.”

Fernanda lembra que há dois anos estava no Rio de Janeiro, onde foi encontrar com Sacha, que é um dos produtores do álbum Pássaro. “Veio à minha mente a melodia inteira. Estava na Cidade Maravilhosa, sem instrumento, e pensei que Sacha seria pessoa ideal para harmonizar e trazer essa música ao mundo comigo. Chico diz que a música é uma 'triceria', porque a letra é dele, a melodia minha e a harmonia de Sacha.”

Quando terminaram a canção na casa de Sacha, a artista diz que tanto ela quanto o pianista acharam a música a cara do Ney. “Parece que foi feita para ele, mas, na verdade, essa música demorou anos. A minha ida a Catolé já tem uns oito anos e acabou que deixei essa letra guardada por uns seis anos.”

CASAMENTO TÍMBRICO 

Fernanda relembra que seu encontro com  Ney, em um estúdio no Rio, foi mágico. “Nunca havia feito nada com ele antes. Realmente, Ney gostou da música.” A artista trabalha também com vários compositores e, às vezes, troca de lugar e faz a letra. “No meu primeiro disco, tenho duas parcerias com o Chico César, que canta comigo Praianas, que dá nome ao CD. No primeiro e no segundo disco, as canções são todas minhas, mas com parceiros.”

 Ela acredita que Pássaro seja uma música muito forte. “Traz uma mensagem do invisível e da força da natureza, ao mesmo tempo da impermanência das coisas, como neste momento em que estamos vivendo agora. Por outro lado, é uma canção que é um alento. Veio num momento especial e que, ao mesmo tempo, traz leveza e uma consciência maior de fazermos parte de algo que está em constante transformação. Os pássaros são mensageiros, intermediários do mundo espiritual e terminal.”

A artista conta que as pessoas estão falando muito bem desse casamento tímbrico com Ney. “Às vezes, até eu mesma, ao escutar a gravação, vejo que, quando paro de cantar e ele entra, parece ser a mesma pessoa. Ney é a minha grande inspiração, porque também sou das artes cênicas. Sou atriz, bailarina, tenho uma formação cênica muito forte com o palco.”

PÁSSARO
>> Single de Fernanda Cabral com participação de Ney Matogrosso
>> Matogrosso Produções
>> Disponível nas plataformas digitais


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade