Publicidade

Estado de Minas STREAMING

Animações da Netflix apostam nos encantos do Oriente

'A caminho da Lua', que estreia este ano, tem a China como cenário. 'Meu amigo Totoro', clássico do Studio Ghibli, conta a história de família japonesa


postado em 08/07/2020 04:00

Meu amigo Totoro tem vídeo ensinando as crianças a desenhar os personagens(foto: Fotos: Netflix/divulgação)
Meu amigo Totoro tem vídeo ensinando as crianças a desenhar os personagens (foto: Fotos: Netflix/divulgação)
Com lançamento programado para este ano, o diretor Glen Keane comentou o trabalho de sua mais nova produção após deixar a Disney. Responsável por A pequena sereia e A Bela e a Fera, ele explicou, em coletiva virtual, como será a animação A caminho da Lua, filme original da Netflix.

Na história, Fei Fei, uma jovem de origem chinesa, deseja conhecer a lendária deusa da Lua. Para tanto, ela se empenha em construir um foguete. O musical narra a aventura da garota pelo satélite natural da Terra, que está repleto de criaturas escondidas.

Para reproduzir o cenário de uma típica família chinesa, o filme buscou inspiração em arquiteturas e elementos visuais em uma turnê pela região de Wuzhen e Nanxun, na China.

Fei Fei, a protagonista da animação A caminho da Lua, que será produzida pela plataforma de streaming
Fei Fei, a protagonista da animação A caminho da Lua, que será produzida pela plataforma de streaming


AMIZADE “Visitamos essa maravilhosa cidadezinha de água. E foi incrível. As pessoas nos convidavam para suas casas. Nunca soube como é realmente a China, onde as pessoas são tão calorosas e amigáveis.”

O diretor relembrou que A pequena sereia e A Bela e a Fera têm protagonistas mulheres, assim como A caminho da Lua. “Todos enfrentamos probabilidades impossíveis em nossa vida, nada pode parar um personagem que visualiza seu objetivo. De alguma forma, Ariel viver fora do mar é o mesmo tipo de faísca que existe em Fei Fei. Para uma menina de 12 anos, construir um foguete para a Lua é loucura. É algo impossível, mas nada vai impedi-la.”

Outra animação inspirada no Oriente está em cartaz na Netflix: a japonesa Meu amigo Totoro, clássico do Studio Ghibli. É daquelas para prender a atenção da criançada, mas certamente faz a família inteira parar para assistir.

Criada e dirigida por Hayao Miyazaki, conta a história das pequenas irmãs Mei e Satsuki e seu pai, que vão morar na área rural, em uma casa velha. A mudança é para que eles fiquem próximos da mãe, que está doente, internada em um hospital próximo de lá.

Os três precisam se adaptar ao local, mas tudo se complica quando as meninas começam a ver seres estranhos, pequenas bolinhas pretas que se movem pela casa. As bolotas remetem a algo sobrenatural, mas também podem vir da imaginação delas.

Mei não sossega, está sempre correndo e tentando descobrir novidades. E eis que surge o grande e engraçado Totoro, que logo vai se transformar em um amigo e tanto. Esse figuraça é baseada na raposa-japonesa, no gato e na coruja.

Toshio Suzuki, produtor que trabalhou na animação, gravou um vídeo ensinando a desenhar Totoro. A ideia é ajudar a distrair a criançada neste período de isolamento social. Apesar de o tutorial ser falado em japonês e não ter legenda, é fácil aprender a desenhar Totoro, pois o traço é simples. (Estadão Conteúdo)

A CAMINHO DA LUA
. Animação de Glen Keane
. Netflix
. Estreia previsa para este ano

TOTORO
. Animação de Hayao Miyazaki
. Disponível na Netflix




receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade