Publicidade

Estado de Minas

Clássico, O auto da Compadecida será exibido nesta segunda

Filme de Guel Arraes que conta a história de João Grilo (Matheus Nachtergaele) e Chicó (Selton Mello) vai ao ar no Canal Brasil


postado em 06/04/2020 04:00

(foto: CANAL BRASIL/DIVULGAÇÃO)
(foto: CANAL BRASIL/DIVULGAÇÃO)
O filme O auto da Compadecida, de Guel Arraes, será exibido nesta segunda-feira (6), às 21h10, no Canal Brasil.  A história é centrada na dupla Chicó, papel de Selton Mello, e João Grilo, vivido por Matheus Nachtergaele (foto), dois nordestinos sem eira nem beira que se valem da esperteza de Grilo para sobreviver na dura vida no sertão. A dupla provoca muitas confusões, enganando ricos e poderosos. Como pano de fundo, uma severa crítica às relações díspares entre as camadas sociais, marca registrada das peças de Ariano Suassuna, inclusive de O auto da Compadecida, da qual o filme homônimo foi inspirado.

ÁUREA MARTINS
O AMOR EM PAZ

Ainda no Canal Brasil, só que mais tarde, às 23h, outra boa atração. A cantora Áurea Martins é a convidada de Charles Gavin em O som do vinil.  Na 13ª edição do programa, Gavin foca no universo feminino para traçar um panorama inédito da música brasileira sob a ótica de grandes mulheres, das mais diferentes gerações.  O canto para mim sempre foi uma sessão de análise”, declarou Áurea,que lançou o disco O amor em paz, em 1972. Dona de uma das mais belas histórias de amor pela música, a eterna Áurea Martins passa a limpo os mais de 50 anos de carreira./

ROBERTO DINAMITE
ASTRO VASCAÍNO
(foto: TV BRASIL/DIVULGAÇÃO)
(foto: TV BRASIL/DIVULGAÇÃO)

Goleador, Roberto Dinamite (foto) conquistou títulos memoráveis pelo seu time do coração nos mais de 20 anos que defendeu o Vasco entre o início dos anos 1970 e o começa da década de 1990. O jogador também defendeu a seleção brasileira no auge da carreira, mas não vou bem aproveitado nas Copas do Mundo de 1978 e 1982, quando a equipe canarinho saiu derrotada. O craque é o destaque do quinto episódio inédito da série 10x10 – Os donos da camisa, que vai ao ar nesta segunda-feira (6), às 19h30, na TV Brasil. Camisa 10, o centroavante era oportunista e aliava seu chute potente à competência para converter gols e ao senso de posicionamento no gramado. Dinamite foi um excelente cobrador de faltas.

VIOLÊNCIA DOMÉSTICA
CHICAGO P.D

O Universal TV exibirá o episódio Violência intima, de Chicago P.D., nesta segunda-feira (6), às 23h15. Na trama, um caso de assalto armado se transforma rapidamente em uma investigação de homicídio. Upton é forçada a enfrentar um trauma de infância quando surgem sinais de violência doméstica em um dos suspeitos.

NOS BECOS DE SÃO FRANCISCO 
DISPONÍVEL GRATUITAMENTE
(foto: thalescorrea.com/divulgação)
(foto: thalescorrea.com/divulgação)

Até 9 de abril, o público poderá conferir gratuitamente o filme Nos becos de São Francisco (foto), do cineasta mineiro Thales Corrêa. A comédia ousada trata sobre o universo LGBTQ que traz a história de Leo, um brasileiro que reúne um grupo de amigos para buscar, nas frenéticas noites de São Francisco, uma pessoa que conheceu em um site de relacionamentos gay. Lançado em setembro nos Estados Unidos, o longa ocupou o primeiro lugar entre os mais vendidos da TLA Video Store (loja on-line de conteúdo audiovisual) e o quinto lugar da Amazon. Para ver o filme, basta acessar o site http://thalescorrea.com/nbsf/.

MR. MERCEDES
SUSPENSE

Aficionados por suspense e terror podem assistir à nova série inspirada na obra de Stephen King: as três temporadas de Mr.Mercedes estão disponíveis na plataforma de streaming Starzplay. Narrando um jogo de gato e rato entre o detetive aposentado Bill Hodges (Brendan Gleeson) e o assassino Brady Hartsfield (Harry Treadaway), a produção adapta os livros da trilogia protagonizada pelo detetive Hodges: o homônimo Mr.Mercedes, que dá nome à série, Finders keepers e End of watch (Achados e perdidos e Último turno, respectivamente, em português). A trama apresenta Hodges, policial da homicídios que se aposenta sem conseguir solucionar o caso de um atropelamento que deixou 16 mortos. Dois anos depois, ainda assombrado pelo crime, ele começa a receber cartas e e-mails chocantes do assassino.

Compartilhe no Facebook
*Apenas para assinantes do Estado de Minas

Publicidade