Publicidade

Estado de Minas

Pelas redes sociais e YouTube, Luana Piovani transforma vida privada em novela

Exemplo irretocável da tendência de celebrização do cotidiano, atriz torna públicos assuntos que vão de sua separação à preparação do jantar


postado em 08/09/2019 06:00 / atualizado em 08/09/2019 09:04

Luana Piovani em cena do longa A mulher do meu marido, que estreou no mês passado em algumas capitais brasileiras. Na história, ela vive um quarteto amoroso (foto: Mariana Vianna/divulgação)
Luana Piovani em cena do longa A mulher do meu marido, que estreou no mês passado em algumas capitais brasileiras. Na história, ela vive um quarteto amoroso (foto: Mariana Vianna/divulgação)

A última novela televisiva de que Luana Piovani participou foi o remake de Guerra dos sexos, em 2012, em que interpretava a executiva Vânia Trabucco. Contudo, quem acompanha as redes sociais e o canal no YouTube (“Luana sem freio”) da atriz tem a impressão de assistir a um típico folhetim – com personagens principais e secundários e uma trama cheia de amores, desamores, conflitos, decepções e intrigas.

“Se antes as celebridades escondiam sua intimidade, hoje isso se tornou fonte de renda. Há uma inversão. Luana vem de um meio consolidado, que é a televisão, e acaba explorando essas plataformas digitais. Estamos vivendo a era dos compartilhamentos, dos likes, em que todo mundo, em tese, pode ser famoso. Conseguimos expor nossa vida como quisermos, e os famosos acabam sendo o espelho dos nossos valores”, afirma a mestranda pela UFMG Eduarda Rodrigues, cuja dissertação trata da celebrização do cotidiano. A pesquisa de Eduarda investiga como assuntos triviais da vida privada acabam sendo projetados e ganhando espaços na mídia.

Para a doutoranda em comunicação pela UFMG Fernanda Medeiros, a atuação de Luana talvez chame mais a atenção porque a atriz tem uma construção mais sólida da fama. “Ela começou a atuar ainda jovem e ganhou visibilidade não apenas pelo trabalho, mas graças às revistas de fofoca, que eram praticamente os únicos meios que tentavam expor a 'face privada' da celebridade, em uma época em que a própria pessoa famosa não tinha um espaço totalmente formatado para falar de si”, pontua a doutoranda.

A estreia de Luana Piovani para o grande público ocorreu em 1993, quando ela interpretou Angel, protagonista da minissérie da Globo Sex appel. Ela tinha 16 anos. No último dia 29, Luana completou 43.

“Antes mesmo da penetração e popularização das mídias sociais, Luana expôs diversas situações de sua vida privada e acabou construindo uma certa imagem de si”, observa Fernanda. “E as pessoas acabam relacionando a imagem e a exposição de hoje com as personagens que ela já desempenhou na TV, no cinema e no teatro. É claro que a vida da Luana também parece ser mais 'agitada' do que a vida das outras pessoas, mas aí já é o que ela escolhe publicizar e/ou performar”, comenta.

Na apresentação de seu canal no YouTube, lançado há dois anos, a atriz escreveu: “Sempre fui conhecida por não ter medo de dizer o que penso. E agora as minhas opiniões têm um lugar especial na internet! No 'Luana sem freio' você vai descobrir mais dos meus interesses, ideias e pensamentos, com aquele jeitinho 'Luana' que você aprendeu a amar. Ou odiar, vai saber. Se você acha que me conhece, prepare-se: você ainda não viu nada”.

O fim da relação de oito anos com o surfista Pedro Scooby, com quem tem três filhos, é 'transmitido' capítulo a capítulo aos seguidores da atriz(foto: INSTAGRAM/REPRODUÇÃO)
O fim da relação de oito anos com o surfista Pedro Scooby, com quem tem três filhos, é 'transmitido' capítulo a capítulo aos seguidores da atriz (foto: INSTAGRAM/REPRODUÇÃO)


VÍDEO 

No domingo passado, ela fez em seu canal uma transmissão ao vivo, de sua bela casa em Cascais, litoral de Portugal, onde mora desde janeiro com os filhos Dom, Ben e Liz, fruto do casamento com o surfista Pedro Scooby. Luana surgiu bem à vontade, conversando com os internautas, enquanto arrumava as malas para viajar para Fernando de Noronha com a prole. A atriz falou de suas angústias sobre a ausência do pai no aniversário dos gêmeos Bem e Liz. “De certa forma, eu me sinto culpada, já que fui eu que quis me separar”, diz. No mesmo vídeo, ela explicou por que tem exposto sua vida tanto e com tantos detalhes, desde a separação de Pedro Scooby.

"O que quero dizer é o seguinte: com as redes sociais e a informação, a gente entende cada vez mais que é preciso falar sobre as coisas que estão erradas, porque é só quando a gente fala que as pessoas que estão ao nosso redor e não tiveram a coragem de dizer pela primeira vez vão se encorajar de dizer que estão passando por isso também. Eu falo porque eu sempre falei. Desde os 16 (anos) eu tenho um microfone ligado na minha mão. Foi quando fiquei famosa e eu sempre falei de tudo. Eu nunca me neguei a dividir as minhas experiências. Primeiro, por ser minha escolha, e, segundo, porque acredito que, dividindo, a gente multiplica, e isso não é apenas uma frase piegas de almanaque; eu penso mesmo nisso nos meus ricos e intensos 43 anos de vida. Então eu estou dividindo com vocês o que estou passando e que não é fácil.”

Depois disso, Luana aproveitou para dar uma alfinetada no término do namoro do ex com Anitta. “Falou que ia casar, ter filho. Sei nem o que dizer, né? Me deu a sensação de que ele falou: ‘Olha só, Brasil, ninguém faz cagada, porque a vergonha dessa semana eu quero passar sozinho. Todo mundo avisado’. Meu Deus, que constrangimento.”

Para acrescentar mais ironia à novela da vida real, Luana está em cartaz nos cinemas com o longa  A mulher do meu marido. Sua personagem é Joana, que sabe que o marido, Pedro (Paulo Tiefenthaler),  é infiel, mas não se importa e acredita viver um casamento feliz. Ele tem um relacionamento proibido com Pilar (Aylin Prandi), casada com Martin (Francisco Andrade). Até que Joana conhece Martin e também passa a se relacionar com ele.

No canal a cabo E!, a atriz comanda o reality show Luana é de lua, em que apresenta suas ideias sobre sexualidade, envelhecimento, monogamia, casamento, influenciadores digitais, empoderamento feminino e assédio, em conversas com celebridades e especialistas, além de mostrar seu cotidiano, sua relação com a maternidade e seu divórcio de Pedro Scooby.

“Luana explora a narrativa do pai ausente, do cara que abandonou a família, e isso tem muito apelo. Acho que, no fim das contas, o que ela quer é a validação do público”, opina Eduarda Rodrigues. Embora Luana pareça escancarar a vida nas redes sociais, a mestranda pondera que a ausência de filtro não é tanta assim. “Os vídeos da Luana fazem lembrar um pouco o reality das Kardashians – têm câmera (profissional), roteiro, toda uma produção. São feitos para parecer verdade, mas são planejados, têm uma lógica. Só que não têm uma separação muito clara do que é real e do que não é”, observa.

Com tanta exposição, a atriz exibe coisas banais como o corte de cabelo de um dos filhos ou o que vai preparar para o jantar. Dessa forma, acaba abrindo brecha para todos os tipos de comentários (contra e a favor), que ela quase sempre faz questão de responder. “Quem se expõe demais fica sujeito tanto à rejeição quanto à aprovação. É uma faca de dois gumes”, diz Eduarda Rodrigues.

O cotidiano com os filhos é um dos assuntos de seu canal no YouTube(foto: INSTAGRAM/REPRODUÇÃO)
O cotidiano com os filhos é um dos assuntos de seu canal no YouTube (foto: INSTAGRAM/REPRODUÇÃO)


CENAS DOS CAPÍTULOS ANTERIORES

Relembre algumas das polêmicas envolvendo Luana Piovani


1) RODRIGO SANTORO

Luana namorou Santoro por três anos. No carnaval de 2000, ela foi fotografada beijando o empresário baiano Christiano Rangel, enquanto namorava Rodrigo. “Eu me arrependo. Não queria magoar uma pessoa por quem eu tinha um sentimento muito forte. Mas a gente não enxergou os sinais que a nossa relação estava emitindo. E aí culminou de acabar daquele jeito desagradável, deselegante e muito doloroso para ele. Virei a Geni brasileira. Passei dois anos dando explicações, carregando uma cruz”, declarou anos depois à Playboy.

2) Dado Dolabella e Carolina Dieckmann

Em 2008, Luana foi agredida pelo então namorado Dado Dolabella. Uma das melhores amigas do ator, a atriz Carolina Dieckmann, tomou as dores dele. Quando Carol teve suas fotos nuas vazadas em 2012, Luana deu o troco. “O peixe morre pela boca. Falou m**** sobre assunto mais que sério, risquei na hora da caderneta. Eu só não quero mais brincar de ser amiga dela, como um dia eu quis. Simples assim.”

3) TIMÃO

Em 2013, Luana usou o Twitter para provocar a torcida corintiana, após a eliminação do Timão pelo Boca Juniors na Taça Libertadores da América. Torcedora do São Paulo, ela postou: “Saudações são-paulinas a todos os imundos corintianos que se acham incríveis, que esse time que anda bom, mas ontem se f*”.

4) FAMOSAS

Luana já arrumou briga com várias pessoas, como Nicole Bahls. No Twitter, ela afirmou que a morena tem voz "rouca de bomba". A ex-panicat respondeu que o passado da atriz não era dos mais dignos. Em 2015, quando Taís Araújo foi alvo de comentários racistas em suas redes sociais, Luana escreveu: "Sacanearam ela na internet, foi isso? Porque eu sou blaster sacaneada e xingada na net e nunca saíram em defesa. Até porque nem ligo, né, gente?".

5) PATRÍCIA ABRAVANEL

Em 2016, a filha de Silvio Santos disse no programa do pai que não acha normal a relação de pessoas do mesmo sexo. Luana comentou: “Acho uma coisa lamentável uma comunicadora privilegiada como a Patrícia dizer uma ignorância dessa em rede nacional, mas cada um escolhe seu carma”.

6) ESCOLA DO FILHO

Em 2017, ela desabafou no Instagram contra a escola do filho. “Faz algum sentido uma escola com uma definição tão sem nexo para mãe e pai? Tem que ser mãe do jeito que eles definem esse papel. Frustração geral. Só não fiz um escândalo porque estava exausta e preferi ir para casa ficar com meus filhos. Que vergonha, que preconceituosos, que caretas. E se fosse uma criança filha de um casal homossexual? Difícil não é matar um leão por dia, mas sim desviar das antas. Não estou sabendo lidar”.

7) ANITTA E SCOOBY

Desde que o surfista Pedro Scooby, com quem Luana ficou casada por oito anos, e Anitta iniciaram um relacionamento, Luana não escondeu seu desagrado. Alfinetou quando começaram e quando terminaram. Um dos episódios polêmicos ocorreu em julho, quando Scooby postou um vídeo dos filhos cantando uma música de Anitta. "Incrível como ninguém lê Monteiro Lobato. Ninguém canta uma Palavra Cantada, uma Adriana Partimpim. A minha vontade nem posso dizer qual é, mas o que vou fazer? Não posso transformar minha vida em uma guerra. Ou eu proíbo, arrumo uma confusão, ou não deixo ficar junto. Não adianta conversar, falar com a parede. Merda de separação que simplesmente emburrece o outro. Peço ajuda a quem?"


Publicidade