Publicidade

Estado de Minas

Série 1Pico da Neblina1 mostra o Brasil após a legalização da maconha

Produção leva a assinatura de Quico Meirelles e do pai, o cineasta Fernando Meirelles. O estreante Luis Navarro faz o papel de Biriba, ex-traficante às voltas com o mundo dos negócios. Estreia será no domingo (4)


postado em 02/08/2019 04:08

Luis Navarro estreia como ator no papel de Biriba, o ex-traficante que virou homem de negócios (foto: HBO/divulgação)
Luis Navarro estreia como ator no papel de Biriba, o ex-traficante que virou homem de negócios (foto: HBO/divulgação)
 
Localizado no Amazonas, o Pico da Neblina, ponto mais alto do Brasil, fica a 2.993 metros acima do nível do mar. Foi batizado assim porque a neblina encobre seu topo praticamente o ano inteiro. Na série brasileira da HBO que estreia no domingo (4), também há um pico, de onde se avista toda a cidade de São Paulo. É o local onde os amigos Biriba (Luis Navarro) e Salim (Henrique Santana) se reúnem para fumar um baseado.

O enredo de Pico da Neblina começa com a legalização da maconha no Brasil. Biriba, um jovem traficante, decide deixar para trás a vida do crime e usar seus conhecimentos para vender o produto dentro da lei em parceria com o sócio Vini (Daniel Furlan), investidor pouco experiente. Biriba tem de lidar com o peso de seu passado no tráfico e com armadilhas do mundo dos negócios.

"Apesar de ser o ponto de partida, a gente acaba não mostrando o que a sociedade passou para chegar até a legalização. Mais que apresentar o debate, queremos mostrar o que essa decisão desencadeou. A série não se posiciona nem contra e nem a favor. Essa discussão se dá por meio dos personagens", explica Quito Meirelles, diretor-geral de Pico da Neblina, que também assina a direção de episódios com o pai, o cineasta Fernando Meirelles (Cidade de Deus), Luis Carone e Rodrigo Pesavento

Para Luis Navarro, o mais interessante de seu personagem é o lado humano, a quebra de estereótipos. "Ele foge daquela coisa do traficante convencional. Várias facetas são mostradas, a relação com os amigos, sobretudo o Salim, e com a família", comenta. Pico da Neblina conta com participações de Leilah Moreno, Teca Pereira, Bruno Giordano, Sabrina Petraglia e Maria Zilda Bethlem. O elenco traz 18 atores selecionados por Quico e Fernando Meirelles entre os 2,6 mil jovens que atenderam à convocação na internet para que iniciantes enviassem à produção vídeos caseiros gravados no próprio celular.

Curiosamente, Luis Navarro não passou nesse teste. Foi até o estúdio levar Henrique Santana, seu amigo na história e na vida real, para tentar um papel. "Quico me viu, lembrou-se de que tinha assistido ao meu vídeo e pediu para fazer um novo teste. Achou que eu e Henrique tínhamos química, queria aquela cumplicidade na relação do Biriba com o Salim para ficar mais autêntico. Aí acabei entrando no projeto", comemora.

A primeira temporada, com 10 episódios, estreará em horário nobre: domingo, às 21h. Roberto Rios, vice-presidente corporativo de produções originais da HBO Latin America, destaca que a série será exibida em cerca de 70 países da América Latina, Caribe, Europa e África, além dos Estados Unidos. “A gente confia plenamente que Pico da Neblina vai extrapolar as fronteiras. Apesar de ser ambientada no Brasil, é uma história que vende, tem conflitos universais. Estamos muito confiantes de que o público vai se relacionar de uma forma muito verdadeira com Biriba, Salim, Viny e os demais personagens”, conclui.

PICO DA NEBLINA
Primeira temporada
10 episódios
HBO
Estreia domingo (4), às 21h

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade