Publicidade

Estado de Minas

Bernardo Lobo lança disco com releituras de canções de Marcos Valle

Repertório reúne as clássicas 'Viola enluarada', 'Mentira' e 'Com mais de 30', além de duas parcerias da dupla


postado em 24/07/2019 04:11

Bernardo Lobo diz que Marcos Valle é um artista brasileiro que ultrapassa fronteiras (foto: Gabriel Perez/divulgação)
Bernardo Lobo diz que Marcos Valle é um artista brasileiro que ultrapassa fronteiras (foto: Gabriel Perez/divulgação)

Depois do álbum autoral C’Alma (2018), o cantor e compositor Bernardo Lobo, de 46 anos, lança o sexto disco, Uma viola mais que enluarada – Bernardo Lobo canta Marcos Valle, já disponível nas plataformas digitais. O repertório traz novas versões para as composições do autor de Preciso aprender a ser só, além de duas parcerias de Valle, de 75, com o próprio “Bena” – uma delas inédita.

O álbum foi gravado em São Paulo, Rio de Janeiro e Portugal. Bena Lobo conta que o projeto nasceu da sugestão feita por um amigo, em 2015, nos bastidores de um show que ele fez com a mãe, a cantora Wanda Sá, Carlos Lyra e Marcos Valle.

“O produtor Álvaro Fernando, meu primo e fã de Valle, entrou no camarim e fez o convite. Topei ali, na hora, porque admiro o Marcos há muito tempo e o acho um compositor sem fronteiras”, diz o cantor e compositor, filho de Edu Lobo.

Marcos Valle vai da bossa nova ao pop, passando pelo instrumental, sempre com assinatura própria e sem a preocupação com rótulos, destaca Bena. Agora, ele pretende fazer homenagem a outros compositores. “Tenho vontade de regravar o primeiro disco que meu pai lançou, muito importante para a carreira dele. Era com o Tamba Trio e trazia arranjos de Luiz Eça. Sou muito amigo do Igor, filho do Luizinho, e a gente tem essa ideia. Porém, não sei se ele será o próximo. Talvez o projeto venha depois de mais dois trabalhos autorais”, conta.

Dedicado às próprias músicas, Bena Lobo planeja um álbum autoral para 2020. “Lancei dois discos em dois anos”, lembra.

O filho de Edu Lobo e Wanda Sá revela que a influência maior em seu trabalho não veio dos pais, mas de Caetano Veloso. “Foi o primeiro que toquei, e muito. Era roqueiro e gostava de reggae também. Ouvia muito Bob Marley, rock nacional dos anos 80 e rock estrangeiro. Quando comecei a fazer um pouco de teatro, minha turma só ouvia música brasileira. O cara que me encantou e me fez abrir a cabeça foi mesmo o Caetano”, diz.

CAETANO 

O novo disco de Bernardo Lobo traz a faixa Menina das nuvens, que já havia gravado em seu disco anterior, e Menino guerreiro, a única inédita – ambas dele e Marcos Valle. “Essa segunda parceria foi feita em homenagem a meu filho Antônio, que nasceu prematuro. Marcos ficou tocado com a história, foi para o piano, fez a primeira parte e me mandou. Fiquei emocionado e acabei fazendo a segunda parte, fechando a canção”, conta.

Outro destaque do repertório é Um novo tempo, gravada com arranjo diferente da versão mais conhecida, tema das campanhas de fim de ano da Rede Globo. “Pouca gente sabe que essa música é de autoria do Marcos”, comenta.

“Ele ficou muito orgulhoso”, garante Bena, ao se referir à homenagem a Marcos Valle. O veterano, aliás, participou do disco fazendo piano e vocais em Menina das nuvens. O álbum contou ainda com as participações de Carlos Malta (flauta), Fred Martins (coro), João Ventura (piano), do baterista inglês Chris Wells, do baixista cabo-verdeano Rolando Semedo, da violoncelista portuguesa Sandra Martins e do acordeonista argentino Marcos Facundo Gomes.


Repertório

» Com mais de 30
. Marcos Valle/Paulo Sérgio Valle

» Viola enluarada
. Marcos Valle/Paulo Sérgio Valle

» Samba de verão
. Marcos Valle/Paulo Sérgio Valle

» Menina das nuvens
. Marcos Valle/Bernardo Lobo

» Mentira
. Marcos Valle/Paulo Sérgio Valle

» Um novo tempo
. Marcos Valle/Paulo Sérgio Valle/ Nelson Motta

» Preciso aprender a ser só
. Marcos Vale/Paulo Sérgio Valle

» Menino guerreiro
. Marcos Valle/Bernardo Lobo

» Meu herói
. Marcos Valle/Paulo Sérgio Valle


UMA VIOLA MAIS QUE ENLUARADA
BERNARDO LOBO
CANTA MARCOS VALLE

. Biscoito Fino
. Nove faixas
. Disponível nas plataformas digitais


Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade