Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Análise objetiva


postado em 17/04/2019 05:05






Desde que conheci Caroline Meyer, gosto de publicar aqui sua opinião sobre vários assuntos. Ela é jovem, participante e tem senso crítico apurado sobre vários assuntos. Encontrei-me com ela no Minas Trend e pedi que me mandasse suas observações sobre a maior feira de moda mineira, que foi absoluto sucesso de vendas para a maioria dos participantes. Não concordo com todas as suas criticas, mas ela dá uma visão pessoal que pode ser também de muitos dos visitantes do MT. Vejamos:

“Há alguns anos, fiz um manual de boas maneiras para encarar o Minas Trend – http://www.dicasdacarol.com.br/como-usar-boas-maneiras-no-minas-trend/. Coisas básicas, como cumprimentar as pessoas, respeitar o coleguinha e não furar o olho de ninguém – física e mentalmente –, estavam previstas em 7 regrinhas básicas. Mas nada previa o caos que essa edição se tornou. Se você acha que aquela blogueira famosa, que você segue em todas as redes sociais, distribui sorrisos e é toda montada no glamour tem educação... Sorry! O que se viu nessa edição foi um total circo dos horrores. Falta de organização, gente pisando no seu pé, pessoas sendo desrespeitadas, o mundo se tornando pequeno para tanto ego.

Pessoas sérias, que sempre estiveram presentes nas outras edições, foram praticamente desprezadas e realmente fiquei perplexa com algumas situações. Grandes nomes da nossa moda e outras personalidades até internacionais nem deram as caras na terrinha. Estamos perdendo prestígio? Aquela onda de roubar o brinde dos convidados ficou fichinha perto das agruras que vi e vivi nessa edição. Chegou ao ponto de uma professora da UEMG cair, se machucar e ainda quase ser pisoteada por duas mulheres que tinham pequenas fortunas penduradas em bolsas e braços, mas nenhum valor em educação.

E realmente preciso falar da decoração do evento, que ainda não consegui definir. Podia ser uma festa infantil da Pequena Sereia, uma caricatura do filme Netuno, talvez a pré-estreia de Procurando Nemo 3 ou uma tentativa de construir um andaime na piscina. Entre boias de golfinhos e piscinas de plástico, vi grandes nomes como Alceu Penna e Cintia Lopes em situações constrangedoras. Concordo 100% que o Minas Trend precisa ser sustentável em todos os sentidos. Não senhores, ele não fechava as contas. Mesmo. Mas economia não quer dizer mau gosto. Já vi várias alternativas lindas e baratas em vários eventos e acredito que temos profissionais criativos e competentes o suficiente para fazer do nosso Minas Trend um sucesso.

Talvez os organizadores precisem arejar a mente e imaginar que diretores criativos mais ousados e baratos podem fazer trabalhos magníficos e muito mais acessíveis. Quem sabe um dia a gente aprenda a nos guiar pela sabedoria e não pelo puxa-saquismo. Tomara. Mas, infelizmente, nessa edição, os dias de sol nunca foram tão cinzentos. Para não dizer que não falei de flores:

– As recepcionistas do credenciamento, os rapazes da entrada, as brigadistas, seguranças, garçons da sala de imprensa e do restaurante e a turma da Janete Santos esbanjaram competência e simpatia, provando que educação não se compra. Se nasce.

– Nossa moda está cada dia mais linda, requintada, criativa e interessante. Ponto para nós!

– A homenagem ao grande @alceupenna, com modelos criados por designers e modelistas do @senaimodatec, mesmo com os manequins dentro de piscinas de plástico. #peloamor

– A também homenagem à diva @iris.apfel através da exposição de seus looks superestilosos e criativos feitos com os alunos do @senaimodatec.

– Projetos como o das fantásticas Dani Queiroga Léo e Marcella Mafraamafra, o Libertees, estão ganhando espaço. Mesmo que pequeno.

– Fotógrafos como Edy Fernandes, Alberto Wu, Gerson Rubim e Thiago Miranda dando um show de profissionalismo e simpatia.

– Pela primeira vez, a população em geral finalmente teve acesso a algumas coisas, como palestras – algumas incríveis, como do @walterrodrigues – e a alguns desfiles. Pena que nem todo mundo conseguiu ver as modelos pois foi um amontoado só. Pena. Ps: Eu amo o Minas Trend”.


Publicidade